segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

Parasita faz história e leva o SAG Awards de melhor elenco


Parasita rompeu uma barreira importante ontem e levou o SAG Awards (Screen Actors Guild Awards) de melhor elenco.  Nunca desde que o prêmio do sindicato dos artistas foi estabelecido, em 1995, um filme estrangeiro, não produzido nos Estados Unidos, ou que não fosse em língua inglesa, levou o prêmio principal.  Indício de alguma coisa?  Não sei. 

Joaquin Phoenix levou melhor ator por Coringa; Renée Zellweger, melhor atriz por por Judy (Vencedora); Brad Pitt venceu ator coadjuvante por Era Uma Vez em Hollywood; Laura Dern levou melhor atroz coadjuvante com História de um Casamento; Vingadores: Ultimato levou o prêmio de melhor conjunto de dublês.  Para saber os vencedores da TV, clique aqui.  Não comentei, mas Parasita tinha levado o prêmio do Sindicato dos Montadores.  Outra vitória histórica para um filme estrangeiro.  Para quem quiser ler minha resenha de Parasita, é só clicar.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails