segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

RIP Katherine Johnson: Você brilhará por toda a eternidade


Acabei de ver a notícia do falecimento de Katherine Johnson, a matemática negra que teve papel fundamental na corrida espacial entre americanos e soviéticos.  Trabalhando na NASA, apesar de ser mulher e negra (*e não pensem que foi fácil*), ela fazia à mão cálculos complexos que hoje são entregues á computadores, fazia mais que isso em sua época, ela referendava os cálculos feitos pelas máquinas de então. Quando Katherine Johnson começou a trabalhar no Comitê Consultivo Nacional de Aeronáutica em 1953, ela foi classificada como "sub-profissional", não superando muito a secretária ou o zelador.

Ela não foi a primeira mulher negra a trabalhar como matemático da NASA, nem a primeira a escrever um relatório de pesquisa para a agência, mas Johnson acabou sendo reconhecida como uma pioneira para mulheres e afro-americanos no recém-criado campo dos voos espaciais.  Como a maioria dos membros dos bastidores do programa espacial, a Katherine Johnson foi ofuscada na imaginação popular pelos astronautas que arriscavam a vida cujos vôos ela calculava e, em menor grau, pelos chefes de departamento sob os quais atuava.


Ela não chamou a atenção da população até que o presidente Barack Obama concedeu a ela a Medalha Presidencial da Liberdade - a maior honra civil do país - em 2015. No ano seguinte, sua pesquisa foi comemorada no livro mais vendido "Hidden Figures" de Margot Lee Shetterly e a adaptação cinematográfica indicada ao Oscar, estrelada por Taraji P. Henson, Octavia Spencer e Janelle Monáe (*resenha aqui*).  O filme toma uma série de liberdades em relação a sua biografia, mas acredito ser mais fiel do que infiel aos fatos.

Katherine Johnson, que dizia contar tudo aos eu redor desde a mais tenra infância, morreu aos 101 anos.  Em 2017, ela disse em entrevista ao The Washington Post que não havia nada de especial no seu trabalho e que ela simplesmente cumpria com o seu dever.  Não há maiores detalhes sobre as causas da morte.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails