terça-feira, 1 de julho de 2014

1º Encontro Lady’s Comics - “Transgredindo a representação feminina nos Quadrinhos”


O site Lady’s Comics lançou um projeto interessante, um evento feito exclusivamente para discutir assuntos que envolvem mulheres e quadrinhos.  O objetivo maior é romper com o Clube do Bolinha e mostrar que mulheres lêem, produzem, pesquisam, discutem quadrinhos, independente, aliás, de serem feitos, ou não, pensando nelas.  Além do vídeo de lançamento do projeto, que vocês podem ver abaixo, e há a página no site Catarse.


O Catarse, eu fiquei sabendo por conta do Lady’s Comics, é um site que divulga e agiliza campanhas para a arrecadação de fundos de projetos diversos.  É mais um site de “crowdfunding”, algo como “financiamento coletivo”, como o Kickstarter, que eu acho que é o mais famoso do mundo; aqui, no Brasil, conhecia o Vakinha.   Há vários projetos bem sucedidos usando este esquema que inclui recompensas para os patrocinadores.  Tudo varia a depender do valor.  Se é um filme/documentário, você pode receber agradecimento no site do projeto ou ao final do filme, por exemplo; pode receber uma cópia digital; brindes exclusivos.  No caso do Lady’s Comics está tudo explicadinho na página do Catarse.  E se o projeto não vingar?  Você recebe seu dinheiro de volta. A diferença do Catarse para o Kickstarter, que eu conheço melhor, é que você é debitado de imediato.  Eu fiz minha doação hoje, já entrou no meu cartão.  No Kickstarter você só é debitado quando e se o projeto conseguir atingir o limite de arrecadação.  Será que expliquei direitinho? Tem um artigo bem melhor sobre esse tipo de site aqui.

O encontro do Lady’s Comics, casos seja viabilizado, será em um sábado de outubro, em Belo Horizonte.  Já há programa – que está depois deste parágrafo – e convidados muito especiais, como a minha amiga Natania.  As moças do Lady’s Comics fizeram um orçamento de 16 mil reais.  Parece muito, mas é possível alcançar esse montante rapidinho se você ajudar.  Há modalidades de doação com ou sem ingresso.  O evento não será amplo, elas calcularam para 110 participantes, porque 1) a grana é pouca; 2) o espaço é pequeno; 3) não temos estrutura para organização de megaeventos; 4) a gente sabe que é um tema que só chama a atenção de um nicho; 5) proximidade entre todos os participantes”.  Eu espero poder ir, minha doação inclui ingresso, mas, caso não consiga, ficaria feliz em ceder o ingresso para alguém.


É isso.  Trata-se de uma iniciativa muito importante, fundamental até, e que pode ser um marco dentro dentre os eventos do gênero em nosso país.  Lamentarei muito se não puder estar presente, muito mesmo.  Enfim, se você acha que vale a pena apoiar, não perca tempo!  O período de arrecadação se encerra em 19 de agosto.

GOSTOU?

1 pessoas comentaram:

Acabei de voltar de Lisboa, e comprei um livro que pensei muito em você. O título é algo como "A invisibilidade do gênero feminino em Tintim."

;O)

Related Posts with Thumbnails