quinta-feira, 15 de abril de 2021

E o grande anúncio de Akatsuki no Yona parece ser uma loteria

Ainda não é oficial, que este é o grande anúncio, a Hana to Yume só sairá no dia 20 de abril, mas já sabemos que teremos uma loteria de Akatsuki no Yona (漫福ガチャ) a partir desta mesma data, segundo o Pro Shoujo Spain.  A pessoa compra um ticket de 770 ienes e pode concluir a uma série de prêmios.  Se você não conseguir ganhar o prêmio que deseja, ou quiser mais de um, ou todos, é obrigada a comprar mais tickets.






A autora, Mizuho Kuzanagi também falou sobre a loteria e eu consegui uma série de fotos dos prêmios.  Eles estão no post.

Shinjo Mayu vai estrear novo mangá

Nos anos 1990, Shijo Mayu era responsável pela produção de alguns mangás shoujo mainstream que ficaram na memória das leitoras pelo seu erotismo exacerbado.  Nunca fui fã de sua obra, as mocinhas de suas histórias normalmente eram sofredoras que ficavam reféns dos homens que amavam, ou acreditavam amar.  Pois bem, Shinju Mayu não é mais a rainha do shoujo erótico, já fez shounen, BL, e, ao que parece, pretende voltar às suas origens.  O Pro Shoujo Spain comentou que seu novo mangá, Maria (マリア), será lançado no dia 26.  Em qual revista?  Será em alguma plataforma digital?  Não sei.  A autora também falou do lançamento no Twitter.

Hoje é Dia Mundial do Desenhista

Quando eu era criança, meu sonho era ser desenhista.  Não de mangá, porque meu contato com os quadrinhos japoneses aconteceram somente no final da adolescência, mas de desenho animado.  Nunca tive estímulo familiar para ser desenhista, ainda que, com o passar do tempo, recebesse um ou outro elogio.  Desde que minha filha nasceu, eu quase não desenho, não sou artista, portanto.  Mas sei o valor dos desenhistas, que quando são duplamente abençoados, isto é, desenham e escrevem, eles e elas tornam nossa vida muito melhor, mais interessante e divertida.

Então, este post é um agradecimento a todos vocês que são tão importantes e tão desvalorizados.  Queria poder escrever que a pandemia vai fazer com que a população dê mais valor às artes em geral, mas sei que é difícil.  De qualquer forma, obrigada, a minha gratidão vocês têm e estou ensinando minha filha a valorizar as artes e o trabalho das pessoas responsáveis por elas.  E, antes que eu termine, abri um post no Facebook e convidei todos os desenhistas do grupo a postarem alguma coisa e onde você pode apreciar e encomendar os seus trabalhos.  Dêem uma olhada.  Vale a pena.

Sputnik: Umino Tsunami inicia nova série da revista Feel Young

Sputnik (スプートニク) nada tem a ver com a vacina russa contra o COVID-19, ou o primeiro satélite artificial lançado ao espaço, é simplesmente uma série sobre solidão e amizade que Umino Tsunami, de Nigehaji (逃げるは恥だが役に立つ), está estreando na nova edição da Feel Young.  A série é uma continuação de um oneshot de 2017, que fala sobre solidão e amizade.

Engraçado é que eu comentei a mensagem do Pro Shoujo Spain dizendo que a autora tinha melhorado sua arte e que eu gostava muito do trabalho dela e ela agradeceu. 💗 Aqui, vocês têm uma amostra do mangá.  A série não ignora a pandemia, as pessoas na rua estão usando máscaras. 

quarta-feira, 14 de abril de 2021

Mangás que poderiam sair no Brasil 2 (vídeo)

Postei hoje um segundo vídeo da série "Mangás que poderiam sair no Brasil 2".  Está no Youtube e gostaria de pedir que vocês assistam, comentem, enfim, deem sugestões de como posso melhorar.  Queria fazer vídeos menos primários e parecidos com uma aula.  É isso.  Pela imagem, alguns já sabem qual é o mangá, outros, vão descobrir assistindo.  



terça-feira, 13 de abril de 2021

Mangá sobre homem grávido vai virar dorama

Hiyama Kentaro no Ninshin (ヒヤマケンタロウの妊娠) de Eri Sakai foi publicado na revista Be Love e tem somente um volume.  A série se passa em um futuro próximo no qual os homens podem engravidar.  O resumo da história que está no Bakaupdates é o seguinte: ""Gravidez" e "Parto". Você vê isso como coisas que não têm nada a ver com você?  Já se passaram 10 anos desde que os homens conseguem engravidar e dar à luz. Hiyama Kentarou (Takumi Saittou) é um salaryman de elite cuja gravidez o fez sentir em primeira mão o preconceito que a sociedade tem em relação à "gravidez e parto masculinos".  Ele inicialmente decidiu continuar com sua gravidez apenas como um meio de criar um lugar onde possa pertencer.  Mas à medida que ele continua em suas ações, aos poucos, não apenas as pessoas ao seu redor, mas ele mesmo começa a mudar."  Mas Hiyama tem uma companheira, Aki Seto (Juri Ueno), que é uma escritora e não tem intenção de ter filhos, ou mesmo casar de forma oficial.  Ela se assusta quando o namorado engravida.

Não faço ideia de como funciona essa história de gravidez masculina, mas a Netflix vai produzir uma série baseada no mangá.  A estreia não tem data, mas o dorama vai sair em 2022.

domingo, 11 de abril de 2021

Arina Tanemura fez doujinshi hentai de suas próprias obras (+18/NSFW)

Doujinshi são quadrinhos amadores, que nem sempre são feitos por amadores, podem ser com material autoral, ou, o que é muito comum no Japão, podem ser feitos, também, por mangá-kas renomados com outro nome, ou através dos círculos, que são grupos de artistas que publicam coletivamente.  Em português, o termo mais próximo para doujinshi é fanzine.

Muito tem, Arina Tanemura é uma das mangá-kas mais bem sucedidas de sua geração.  Sua "casa" durante muito tempo foi a revista Ribon, que é junto com Nakayoshi e a Ciao, uma revista shoujo de entrada, isto é, voltada principalmente para o público mais jovem (9-13 anos), ou que gosta de material para esse público.  Várias séries da autora viraram animação, como Full Moon Wo Sagashite (満月をさがして), Time Stranger Kyoko (時空異邦人KYOKO) e Kamikaze Kaitou Jeanne (神風怪盗ジャンヌ). Hoje, na verdade, já faz alguns anos, ela saiu da Ribon e está publicando mangá josei.


Pois bem, o Pro Shoujo Spain trouxe páginas de doujinshi feitos por Tanemura para seu círculo, o Meguro Empire.  As páginas são de Kamikaze Kaito Jeanne e Fullmoon wo Sagashite.  Segundo o Pro Shoujo Spain, o grupo fez doujinshi de Shingeki no Kyojin (進撃の巨人) e Neo Genesis Evangelion (新世紀エヴァンゲリオン), também.  Eu já tinha visto alguns doujinshi de Sailor Moon da autora, mas nada de pornográfico, ou mesmo erótico.

Não tenho ideia de como conseguir esse material, o povo do Pro Shoujo Spain deve saber.  O fato é que são mangás produzidos pela própria autora.  Não é simplesmente coisa feita por um fã que domina bem a arte da mangá-ka.  Outra coisa, e se trata de uma atualização (12/04), eu sei que mangá-kas fazem doujinshi, inclusive dos seus próprios mangás, no entanto, não raro usam outro nome artístico, ou, e estou falando especificamente desse tipo de material, que é erótico, os mangá-kas fazem versões mais eróticas de material que já tem fanservice, eles só vão além.  Neste caso, a melhor analogia que eu posso fazer seria o Fuijio Fujio fazer um doujinshi hentai de Doraemon (ドラえもん) e assiná-lo.  Vejam, não é crítica, é surpresa.  E, sim, a tia Lela sabe que mulheres desenham hentai e outros materiais de cunho pornográfico.  Procure as resenhas aqui do blog sobre mangás shujo/josei TL (Teen Love).  De novo, a surpresa é ser em cima de um material tão infanto-juvenil e a autora assinar mesmo e "e daí?".  OK?  Entendidos estamos?

Petit Comic promove encontro de fãs com Miyuki Kitagawa e Chie Shinohara

A revista Petit Comic está celebrando os seus 45 anos.  A publicação começou como shoujo e faz alguns anos que é rotulada como josei.  Duas de suas autoras mais importantes no momento são Miyuki Kitagawa e Chie Shinohara. Se entendi bem o Comic Natalie (*e contei com uma ajudinha do Pro Shoujo Spain*), as leitoras da revisa podem fazer inscrições até o dia 13 de abril e haverá um sorteio, as felizardas poderão participar de um encontro, uma drinking party, com Kitagawa e Shinohara. 

As informações para a inscrição estão na edição atual da revista.  Enfim, deve ser um evento interessante e será on line.  A tal festa será no dia 23 de abril.