domingo, 24 de julho de 2016

Primeiro teser-trailer do novo filme de Itazura na Kiss


Itazura na Kiss (イタズラなKiss) é amado pelos japoneses, afinal, só isso para explicar tantas adaptações em tão pouco tempo.  Talvez, o drama de ter sido uma obra inacabada, da morte precoce da autora, ajude a entender essa fascinação, mas o fato é que se 1/10 da atenção pudesse ser dada a outros mangás shoujo ou josei, como eu ficaria feliz... Lamúrias à parte, o primeiro trailer de Itazura na Kiss the Movie ~High School-Hen~ foi lançado na semana passada.


Já está previsto um segundo loga, complementando o resto da história com a passagem de Kotoko e Irie pela faculdade.  A notícia está no Comic Natalie.

Mari Okazaki publica continuação de seu principal mangá em site de empresa de cosméticos


Mari Okazaki é uma da mangá-kas de traço muito elegante.  Alguns de seus mangás, como &  (アンド) e Suppli (サプリ), fizeram muito sucesso.  Publicitária de formação, ela está publicando na página da Shiseido, uma empresa japonesa de cosméticos e produtos relacionados, uma continuação de sua obra mais conhecida, Suppli.  Desta vez, Minami Fujii, a protagonista que é, também, publicitária, está responsável pela campanha do Pure White, um dos produtos da Shiseido.  


Segundo o Comic Natalie, serão 5 capítulos ao todo.  O primeiro já está on line.  Para comemorar, no dia 21 de agosto, haverá um sorteio de um (*ou mais, não entendi*) box com os dez volumes originais de Suppli autografados pela autora, além de kits com Pure White.  Serão 100 contemplados ao todo.  Como se inscrever e as regras, eu não sei.

sábado, 23 de julho de 2016

Primeiro Trailer do filme da Mulher Maravilha


É o primeiro trailer do filme, foi exibido no San Diego Comic-Con.  Bem, bem,já imaginava que mandariam a Mulher Maravilha para a I Guerra, mas é estranho, confesso.  Ademais, a II Guerra tem vilão, a I Guerra nunca teve.  E a melhor parte do trailer qual foi? A piada sobre escravidão bem no final.

Madame Joker, um mangá que eu gostaria de ler


Madame Joker (マダム・ジョーカー), de Tomoko Naka, é publicada na revista josei Jour.  Na verdade, é raro a capa da revista não ser Madame Joker.  Na época em que havia ranking da Taiyosha e do Comic List, eu podia ver os josei mais vendidos e Madame Joker sempre estava por lá, não raro estreando no top 10.  A série já está no volume #16 e, bem, nada de scanlations.  Mas por qual motivo estou escrevendo esse post?  Porque a capa da última jour estava tão bonita e elegante, que fiquei com vontade de ler este mangá.

Alguns volumes do mangá
Procurando na internet a gente encontra fácil o resumo da história: “Rica, bonita e liberada Ranko Gekkouji pode ser viúva, mas ela não está disposta a perder seus dias guardando luto! Abençoada com riqueza, beleza e crianças adoráveis, a inveja e o ciúme dos outros está sempre transbordando - mas isso não vai impedi-la de fazer o que ela quer. Quando ela não está horrorizando sua sogra, divertindo-se com seu namorado mais jovem, ou sendo uma mãe muito relaxada em relação aos seus filhos adolescentes, Ranko usa todas as suas capacidades para resolver casos, deixando a sua própria marca de justiça em relação aos egoístas, vaidosos e até mesmo os temíveis assassinos que se atrevem a cruzar seu caminho.”  

A tal capa elegante...
Outra capa charmosíssima com Madame Joker.
Só consigo imaginar o quanto é triste não ter esse tipo de mangá para ler e ilustrar o quanto os mangás para mulheres podem ser divertidos, criativos e cheios de imaginação.  Madame Joker parece ser, também, a sua maneira, bem subversivo e debochado. E eu adoro histórias de detetive. ^_^  Talvez, o destino de Madame Joker seja virar dorama um dia.  Quem sabe?  Há uma resenha bem completa do primeiro volume da série neste site.  Está em inglês.  Vale a leitura.

Meu livro foi indicado ao Troféu HQ MIX!


Citando a Wikipedia, "O Troféu HQ Mix é uma das mais tradicionais premiações dos quadrinhos brasileiros, criado em 1989 por João Gualberto Costa, o Gual, e José Alberto Lovetro, o Jal. O nome faz referência à seção sobre quadrinhos que os dois possuíam no programa TV Mix 4, da Gazeta. Serginho Groisman, apresentador do TV Mix 4, é o "padrinho" e apresentador do Troféu HQ Mix desde sua primeira edição. (...) As votações são feitas por artistas e profissionais da área, editores, pesquisadores e jornalistas brasileiros."  Pois bem, houve mudanças este ano e a votação está sendo bem ampla.  Eu me inscrevi e votei, aliás.  Há uma categoria nesse 28º Troféu HQ Mix que premia "Livros Teóricos".  



O meu livro com o Prof. Amaro Braga, Representações do Feminino nas Histórias em Quadrinhos, foi indicado na categoria Livro Teórico.  Foi uma boa surpresa, mais ainda, porque o livro passou para a segunda fase das votações.  Não sei se ganhamos, mas já considero muito importante que estejamos entre os indicados.  Para conferir todos os indicados e categorias dessa segunda fase de votação, é só clicar aqui.  Falando no livro, consegui encomendar mais exemplares.  Logo, logo, terei alguns para vender, caso alguém queira.

Grande Exposição dos 40 anos da revista LaLa abre hoje


O Comic Natalie publicou fotos da mega-exposição comemorativa dos 40 anos da revista LaLa.  Abrindo a mostra, estava Minako Narita, um dos nomes mais importantes da história da antologia.  Minako Narita debutou com CIPHER (サイファ) e publicou uma série de mangás de muito sucesso, tais como ALEXANDRITE (アレクザンドライト), Alien Toori  (エイリアン通り), Natural (ナチュラル) e Hana yori mo Hana no Gotoku (花よりも花の如く).  Várias de suas séries dos anos 1980 se passavam nos EUA, ainda que uma ou outra personagem pudesse ser japonesa.




Segundo o CN, a exposição ficará aberta entre os dias 23/07 e 02/08 no Tokyo Seibu Ikeburo com 270 ilustrações e outras relíquias pertencentes à 63 mangá-kas.  Dentre os/as mangá-kas que estão na exposição temos: Yasuko Aoike, Takemiya Keiko, Suzue Miuchi, Yumiko Oshima, Toshie Kihara, Moto Hagio, Ryoko Yamagishi, Shinji Wada, Reiko Shimizu, Yuki Midorikawa, Bisco Hatori etc.  É muita gente!




O CN publicou muitas fotos mesmo.  Recomendo a visita.  Os itens da lojinha da exposição devem ser fantásticos, só as amostras já são de dar água na boca.

Anunciado o filme de Kyou no Kira-kun




Kyou no Kira-kun (きょうのキラ君), de Rin Mikimoto, é um mangá que sempre aparece nos rankings de mais vendidos e isso é que abriu a possibilidade para que a série fosse para o cinema.  O mangá, que é publicado na Betsufure, tem como protagonista uma estranha garota chamada Nino.  Sim, ela é esquisita, ela anda com um papagaio no ombro para cima e para baixo, ele é seu único amigo.  Para piorar, ela sofre bullying na escola.  Um dia Nino descobre o segredo de um vizinho chamado Kira, com quem nunca conversara, e, a partir deste dia, eles se tornam amigos e suas vidas passam a estar entrelaçadas.  Não sei qual é o segredo do moço, nunca li nada do mangá, mas se der, vou tentar descobrir. O segredo de Kira?  Ele tem pouco tempo de vida...

O filme terá como protagonistas Taishi Nakagawa ae Marie Iitoyo como Kira e Nino.  A direção será de Taisuke Kawamura, que diriginu o filme de Kuragehime (海月姫).  A estréia está prevista para 25 de fevereiro.  Kyou no Kira-kun já está encerrado e tem 9 volumes ao todo.  A notícia estava no Comic Natalie.

Lucros da Mattel aumentam com o remodelamento da Barbie


A revista Time, a Mattel tem motivos para comemorar.  Suas vendas subiram 23% depois que as novas Barbies (tall, curvy e petite).  O carro-chefe da empresa vinha caindo nas vendas (20% entre 2012-2014) e a Mattel ainda perdeu as Princesas da Disney para a Hasbro, então, esta notícia é ótima, além de uma recompensa por a empresa ter começado a pensar com mais seriedade a questão da diversidade dos corpos e sua responsabilidade social.  Sim, eles querem vender, precisavam reagir rápidir rápido, mas essas questões pesaram, também.  a não cita, mas queria saber se as bonecas de  SuperHero Girls da DC estão ajudando a empresa, também.  Confesso que não gostei dos rostos, ficaram meio inespressivos como os das Princesas da Hasbro, mas acredito que muita gente esteja adorando e comprando.