segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Coréia do Sul e Japão negociam compensação para as "Mulheres do Conforto"


Parece que finalmente negociações entre os governos da Coréia do Sul e do Japão em relação às compensações às chamadas “mulheres do conforto”, isto é, meninas e mulheres que durante os anos de ocupação japonesa no país (1910-45) foram obrigadas a servir sexualmente às tropas japonesas.  Este é um assunto sensível e, durante muitos anos, o governo do Japão se recusou a sequer admitir que tais abusos – sequestro, estupros, prostituição forçada, assassinatos etc. – haviam existido.  Se você der busca no blog vai encontrar outros posts sobre o assunto.

Enfim, segundo o Japan News, o governo japonês concordou em enviar 1 bilhão de ienes para a Fundação de Reconciliação e Cuidado (Reconciliation and Healing Foundation, em inglês) fundada em julho passado na Coréia do Sul com o apoio do governo local para dar suporte às “mulheres do conforto”.  O texto do jornal japonês usa o termo “so-called”, assim chamadas, não sei se para caracterizar que o uso do termo é terrível, afinal, eram mulheres submetidas à escravidão sexual, ou para colocar em questão o fato de terem sido, ou não, fica ao gosto de quem lê.  Já o governo japonês negocia com o envio desses recursos que a estátua de uma menina representando as vítimas de exploração sexual seja retirada das cercanias da Embaixada do Japão em Seul.  Seria uma forma de selar a paz, mas o texto não deixa claro se seria uma troca, parece que o dinheiro segue de qualquer jeito, mas espera-se a demonstração de “boa vontade”.


Os coreanos da Reconciliation and Healing Foundation deixam claro que o destino do dinheiro e as futuras atividades da organização cabem a ela.  Os japoneses queriam que os recursos fossem destinados ao cuidado médico e bem-estar das vítimas.  De qualquer forma, trata-se de um assunto espinhoso para os japoneses, admitir o crime de guerra já é um passo enorme – e não pensem que estou passando a mão na cabeça – só que falta a mesma “boa vontade” com China, Coréia do Norte, Malásia, Filipinas etc., porque todos esses países tiveram mulheres submetidas a mesma violência.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails