sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Ela foi Estuprada e Mutilada aos 10 anos de idade, 4 anos depois, ela ainda precisa de nossa ajuda


Leiam atentamente o caso abaixo:
Quatro anos atrás, aos dez anos de idade, Marina* foi estuprada e mutilada. A menina de Abadiânia ficou com sequelas terríveis: "A menor era uma criança pequena e teve a pele rompida do ânus a vagina, o que gerou infecções e a necessidade da bolsa de colostomia." (fonte: R7)
Até hoje a família de Marina busca ajuda. Recebe ajuda psicológica mas não quer frequentar a escola porque é alvo de chacotas dos colegas. Ela já está na sexta cirurgia de reconstrução. Agora, graças à reportagem citada acima, a menina será operada dia 20 de setembro. No entanto a casa onde mora, com a mãe, três irmãos e a avó, é simples e não tem condições de manter a jovem saudável, livre de infecções. A família se sustenta só com o bolsa família, já que não conta com a ajuda dos pais das crianças.

Estamos nos organizando para ajudar Marina. Militantes do movimento feminista já entraram em contato com a secretaria de saúde de Abadiânia e estão acompanhando o caso junto à secretária Renata Pereira Freitas. Elas também já falaram com a mãe de Marina e conseguiram a conta corrente dela para criar uma vakinha para ajudar a menina -> Clique AQUI.

Se você quiser depositar diretamente na conta de Carina, mãe de Marina, os dados se encontram no link da vakinha.

Marina só tem catorze anos e uma vida inteira pela frente. Nós podemos nos mobilizar para que não seja uma vida tão sofrida.

(*nome fictício) - Texto do grupo "Nós Denunciamos".
Eu tinha comentado esse caso no Facebook: "O Estupro NUNCA se encerra no próprio ato, o dano pode ser psicológico, mas, não raro, é físico, também".  É inacreditável que essa menina ainda esteja nesta situação, sem que o dano físico causado pelo criminoso tenha sido remediado, sim, porque o mal não pode ser desfeito.  No entanto, o mais absurdo, para mim, é que ela tenha abandonado a escola por causa do bullying, da falta de solidariedade dos seus colegas de escola.  É muita falta de empatia.  MUITA mesmo.  Se puder, contribua, porque, bem, ainda que o dono da Record pudesse resolver esse problema num instante em uma demonstração de caridade cristã que não arranharia em nada a sua fortuna, ele não fará.  Os cidadãos comuns, como você e eu, é que precisamos nos mexer e ajudar.  É isso!

GOSTOU?

1 pessoas comentaram:

eu cliquei em não ...mas não é porque não gostei do recado ...ou do apoio a criança ...
mas porque não gostei do fato de que voce tenha que chamar atenção par uma problema que JÁ DEVERIA TER SIDO RESOLVIDO NÉ? e tampouco gostei de saber que essa criança ta fora da escola ..e não vai receber o bolsa familia - porque tah faltando a a aula ( critério pra ter direito ao recurso é que a criança tenha 85% de frequencia)

povo dessa cidade ..estado e desse pais ... se não vai ajudar a familia da aluna- faz favor ... não atrapalhe a unica forma da criança sobreviver ( e nem dignamente - né porque o repasse é um valor quase simbólico)

Related Posts with Thumbnails