quinta-feira, 6 de março de 2014

As Personagens Femininas e Masculinas Tipo dos Shoujo Mangá: Uma Atualização



Já fazia algum tempo que eu pensava em atualizar aqueles posts das personagens femininas e masculinas tipo de shoujo mangá. Os posts são de 2012 e realmente acho que são dos melhores que fiz para o Shoujo Café.  Colocarei aqui a atualização, como se fosse um novo post, e vou acrescentar no texto original depois.  Assim, quem, por acaso, cair neles terá tudo completo, quem pegar esse post, terá o que estava faltando.  Vamos lá!

- Garoto Pigmaleão – a dupla oriunda da mitologia grega, Pigmaleão e Galatea, foi reinterpretada e é recorrente na literatura, no cinema e noutras mídias.  No original, Pigmaleão é um escultor que, por não achar a mulher que lhe parecesse perfeita e sem mácula, dedica-se a fazer estátuas e colocar nelas suas noções de beleza e graça.  Um dia, porém, por obra de Afrodite, a deusa do amor, a mais perfeita de suas obras ganha vida e ele se casa com ela.  É este mito que inspira toda uma série de filmes nos quais uma garota comum, sem graça ou excessivamente tímida ou vulgar é ajudada por um homem que pode, ou não, ter interesse romântico por ela, a se tornar “uma dama”.  Dois exemplos desse tipo de trama são os filmes My Fair Lady e Uma Linda Mulher.  Essencialmente, a mesma história está lá, só que no primeiro, o professor se apaixona pela sua obra, no segundo, não.  Daí, temos a personagem tipo do garoto perfeito ou o crossdresser que reforma a menina esquisita.  A segunda variante, ao que me parece, é mais comum que o primeiro, e somente vi os dois juntos em cena em um mangá recente, Mairunovich (マイルノビッチ). 


Uma das coisas que constatei é que se existe o garoto Pigmaleão, a menina Galatea é muito mais um lugar que uma protagonista feminina pode ocupar em algum momento da história, daí a relação pode ser somente um ponto de passagem, como em Koukou Debut (高校デビュー).  Nessa série, a tomboy, Haruna, pede ajuda a um dos garotos mais populares da escola, Yoh Komiyama, para que ele a treine – ela usa jargão do esporte – para se tornar uma garota popular.  Os dois se apaixonam (*claro*), e terminam se acertando rapidamente.  A trama Pigmaleão e Galatea morre já no volume quatro, se não me engano, e eu nem consideraria Yoh como o garoto Pigmaleão modelo.  Já em Mairunovich, é o garoto mais popular da escola que, com pena da menina, se oferece para ajudá-la.  Nesses dois casos, o garoto poderia, também, ser enquadrado em outra personagem tipo, como o Bom Moço ou mesmo o Playboy.  Lembrem que não existe personagem pura.  Em Mairunovich, é a relação Pigmaleão e Galatea é o que move boa parte da série.


A forma mais popular do garoto Pigmaleão é o crossdresser.  Normalmente, ele não é homossexual, às vezes, quando surge, é até uma personagem meio assexuada.  Veste-se “de mulher” por vontade própria, mas as autoras gostam, também, de acrescentar alguns toques dramáticos como traumas, problemas de família e outros como motivadores para que o moço goste de "parecer" uma mulher.  Eles são sempre lindos, inteligentes, sedutores e, claro, são garotas muito mais interessantes e articuladas que a protagonista.  Daí, o crossdresser normalmente aparece em situações de humor. Surgem na história meio que como a fada madrinha que vai transformar a Gata Borralheira em Princesa de conto de fadas, mas terminam se apaixonando por ela.  O caso de crossdresser mais conhecido é o Kuranosuke de KurageHime.  Outro muito lembrado, ainda que não exerça o papel de Pigmaleão, é Noriko de Fushigi Yuugi.

Para muita gente é difícil separar a orientação sexual da personagem, que é hetero, dos seus comportamentos de gênero tipicamente femininos, no entanto, é assim que a coisa funciona.  Vários anos atrás, li um artigo acadêmico na internet que ressaltava o quanto o cinema, os doramas, mangás e outras mídias japonesas vendem para as mulheres japonesas que o melhor namorado, o mais perfeito do mundo, é um homem gay, pois ele entenderia de tudo aquilo que é considerado como “universo feminino”, seria gentil e atencioso e (*surpresa*), obviamente, não seria gay... Quer dizer, trata-se de uma idealização e, como tal, afasta-se muito da realidade social.  Resultado disso?  Frustração para quem busca seu príncipe encantado com esse tipo de roupagem, e materiais que são até divertidos de assistir e/ou ler.  Mas o fato é que há rapazes crossdresser que são muito próximos dessa idealização dos mangás.  Um exemplo pode ser encontrado neste post aqui.


- Garota Sem Graça ou Nerd – a Galatea por excelência nos shoujo e, acredito, nos josei, também, é um tipo de garota que não pode ser enquadrada como comum, aquela protagonista básica com a qual a leitora possa se identificar.  A garota sem graça, ou nerd, é incomum e destaca-se negativamente.  Pela sua fragilidade emocional, ela não pode ser enquadrada no tipo antissocial, se ela se esconde, por exemplo, é para se proteger em um ambiente hostil.  Em mangás mais recentes, esse tipo de protagonista de shoujo sempre é alvo de bullying.    Esse tipo de protagonista tem baixa auto-estima, pode ter fobia social, se considera feia ou desinteressante e sofre com o desprezo das pessoas (*ditas*) normais.  Voltando para a mitologia, a estátua Galatea já é perfeita, só não sabe que é, porque surge como um objeto inanimado.  


Nas suas reinterpretações literárias, Galatea é ingênua demais ao ganhar vida, no cinema, normalmente, a Galatea é vulgar, inapropriada e para se tornar uma dama irá precisar da ajuda de um mentor.  Coloquei no masculino, porque quase sempre é um homem, mas há exceções, claro, só que não estou falando delas.  A garota Galatea dos shoujo e josei é a menina tímida e desengonçada.  Ela é bonita, sim, mas não raro nem o rapaz Pigmaleão sabe disso até que ele consiga poli-la.  Daí, o susto, quando ele se dá conta.  A garota Galatea vai, ao longo da história, tomar consciência de sua beleza e capacidades, podendo ganhar certa independência.  Algumas mudam totalmente, outras, se empoderam ao longo do processo e mantém algumas de suas características originais.  Três Galatea que me vem logo a mente são as protagonistas de Mairunovich, Real Clothes (リアルクローズ) e KurageHime (海月姫).   


- O cara mais velho – depois de refletir um pouco, vi que essa personagem tipo está presente em vários shoujo mangá, nos clássicos e em alguns steamy shoujo, também.  Ele pode reunir características do Playboy ou do Oresama Guy, mas o que marca essa personagem é o fato de ser mais velho que a heroína.  Pode ser o interesse romântico (*mais freqüente*), o mentor, ou mesmo o sujeito que compra a protagonista, sim, é um tipo bem recorrente em shoujo/josei com conteúdo sexual mais evidente.  Acredito que o cara mais velho mais conhecido e amado é o Masumi de Glass Mask (ガラスの仮面).  Diante de todos, ele e a heroína se estranham, mas, em segredo, ele patrocina os estudos da moça e acompanha sua carreira.  Ele se culpa por amá-la e se esquiva dos seus sentimentos, assumindo um noivado arranjado por seu pai.  Na altura em que a história está, acredito que ambos tenham tomado consciência de que se amam.  Outra personagem clássica que se enquadra nesse tipo é Jin Munakata, o oni couch de Ace Wo Nerae (エースをねらえ!).  Neste caso, não é a protagonista que se apaixona por ele, mas a Ojousama da série, Ochōfujin (Reika Ryūzaki).  A tragédia, entretanto, faz com que os dois não fiquem juntos.  


Quando saímos dos clássicos, não consigo me lembrar de cara mais velho que não seja abusivo, com direito a mocinha comprada, estupro consentido, ou não, e coisas do gênero.  Colocaria no mesmo saco, ainda que o grau de violência seja diferente, First Girl  (ファースト・ガール), de Chiho Saito, cuja mocinha é comprada por um ricaço e levada para a América Central ou do Sul (*não lembro mais*); Toriko - Aigan Shoujo (囚 愛玩少女) e da série Kindan  (禁断), de Osakabe Mashin, que são lolicon com direito a estupro e tudo mais.  Mas há os caras mais velhos “do bem” no shoujo contemporâneo, exemplo disso é Kazuma Ojiro, o professor de Kisu yori mo Hayaku (キスよりも早く).

É isso.  Será que esqueci de alguma personagem tipo?  Realmente, não sei.

GOSTOU?

1 pessoas comentaram:

Gostei da matéria...
Quero saber o nome do mangá da última imagem... se puder repassar *-*

Related Posts with Thumbnails