domingo, 6 de agosto de 2017

Mulher Maravilha se tornou o filme de Super-herói mais lucrativo a estrear no Brasil


Segundo o site Comic Book, Mulher Maravilha se tornou o filme solo de super-herói mais lucrativo a estrear no Brasil.  Solo, quer dizer, que não estamos contando com Os Vingadores, por exemplo, e que, muito provavelmente, A Liga da Justiça irá superar o filme da Amazona por aqui.  Dos lucros do filme, 100 milhões de reais (*o site americano errou, porque colocou dólares e eu embarquei, obrigada pela correção, Lucas*) foram ganhos por aqui, superando Homem de Ferro 3 (96 milhões), Logan (91 milhões) e Deadpool (81 milhões), esses dois últimos, o site lembra de ressaltar, tinham censura 16 anos por aqui.

No resto do mundo, o filme lucrou até agora 720 milhões de dólares e é bom lembrar, também, que houve países que não o exibiram, porque Gal Gadot é israelense e serviu ao exército de seu país.  Fora que não estreou em alguns lugares ainda, inclusive no Japão.  Enfim, o filme dirigido por Patty Jenkins é, também, a película dirigida por uma mulher mais lucrativa da História.  E, sim, é um filme muito bom, ainda que críticas diversas possam ser feitas a ele.  A mais forte e relevante, aos meus olhos, claro, é que os vilões são fracos.  Para quem quiser, minha resenha está aqui.  A imagem veio do site americano.


E o filme nem estreou no Japão ainda.
Só um acréscimo: A Mulher Maravilha é o filme de verão mais lucrativo dos EUA até o momento.  389 milhões de dólares até o momento, superando Guardiões da Galáxia 2, que rendeu 387 milhões.  No mundo, A Mulher Maravilha rendeu 860 milhões de dólares.  Esses dados são do site Variety e deram uma renda mundial maior para o filme do que a que estava no Comic Book. Enfim, o filme está dando lucro horrores para a DC.  E, salve, a Mulher Maravilha!

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails