quinta-feira, 2 de maio de 2013

Shueisha Media Guide 2013 - Parte 2


Segunda-feira, postei a primeira parte do comentários e informações do Shueisha Media Guide 2013 publicado no site do Manga News.  Fiquei de comentar as revistas masculinas – shounen e seinen – que tivessem leitoras.  Lendo os dados fica evidente que existe uma maior penetração dessas revistas entre o público feminino, mas acredito que, se tivéssemos um guia semelhante da Kodansha e da Shogakukan para analisar a leitura das informações seria mais interessante.  Eu imagino, por exemplo, que algmas revistas da família das Big Comic tenham público feminino, afinal, várias mangá-kas shoujo consagradas volta e meia publicam por lá, coisa que as revistas adultas da Shueisha não têm.  O mesmo vale para a Shounen Sunday com Rumiko Takahashi, Yuu Watase, e outros mangá-kas de peso com apelo ao público feminino publicando por lá regularmente. Imagino, também, que a Morning e a Afternoon, revistas seinen bem mainstream da Kodansha, tenham mais leitoras do que as revistas seinen do mesmo tipo da Shueisha.  A Jump X e a SQ Jump, eu não colocaria nesse grupo, porque foram fundadas com um perfil descaradamente misto, trazendo autoras de shoujo e josei, como Kamio Yoko, para continuar fazendo a mesma coisa que elas fazem nas revistas femininas, sem qualquer alteração.  Enfim, mas vamos aos dados. 

Shônen Jump: 
*Tiragem Média:  2 850 000. 
*Sexo dos Leitores:  79,8% masclino e 20,2% feminino. 
*Perfil Etário: Menos de 9 anos (2,6%), entre 10 e 12 (12,2%), entre 13 e 15 (21,3%), entre 16 e 18 (16,3%), entre 19 e 24 (23,1%), entre 25 e 29 (11,3), mais de 30 anos (13,2%).

Comentário: Esperava realmente que houvesse mais leitoras da Jump, isto é, meninas e mulheres que compram a revista.  Da última vez que tinha visto a porcentagem, a quantidade de leitoras estava em 30%.  Acredito que tenha havido queda aqui.  Também imaginava, dadas as pesquisas sobre o público leitor de One Piece, que mais adultos consumissem a revista.  Bem, os dados me apontaram que não é bem assim.

V-Jump:
*Tiragem Média: 295 000.
*Sexo dos Leitores:  92% masculino e 8% feminino.
*Perfil Etário: Entre 6 e 8 ans (5,7%), entre 9 e 11 anos (38,7%), Ginasiais (27,3%), Colegiais (9,4%), Universitários (2,3%), Trabalhadores (16,6%).

Comentário: Esta revista é especializada em mangás shounen derivados de vídeo games e surgiu como uma edição especial da Shounen Jump.  Meninas que curtem games e animes derivados de games consomem esta revista.  8% não é muito, mas é mais que o público masculino de qualquer revista shoujo/josei.  Claro, que quem conhece o mercado japonês, ou feqüenta aqui o blog, sabe que há revistas de games voltadas exclusivamente para garotas e que o público leitor deve ser 100% feminino.

Jump Square:
*Tiragem Média:  350 000.
*Sexo dos Leitores:  67,5% masculino e 32,5% feminino.
*Perfil Etário: Menos de 16 anos (31%), entre 17 e 19 (14%), entre 20 e 23 (15,7%), entre 24 e 27 (12,8%), mais de 28 anos (26,4%).

Comentário: Eis a primeira revista híbrida que eu citei.  O público feminino é de quase 1/3 e, por conta disso, devem continuar puxando autoras como Kamio Yoko e Shinjo Mayu para publicar nela.  É, também, uma revista com público adolescente e adulto jovem, bem mais que a própria Shounen Jump.

Jump Square 19:
*Sexo dos Leitores: 91,4 masculino e 8.6% feminino.

Comentário: Spin-off da Jump Square, os único dados publicados são esses aí em cima.  8,6% de leitoras.   Não sei bem o que é ou foi publicado aqui.

Young Jump:
*Tiragem Média:  690 000.
*Sexo dos Leitores:  84,6% masculino e 15,4% feminino.
*Perfil Etário: Menos de 16 anos (4,2%), entre 17 e 19 (13,5%), entre 20 e 23 (21,2%), entre 24 e 27 (25,8%), mais de 28 anos (35,3%).

Comentário: Revista do elogiado Terra Formars e de Rozen Maiden, título que deve atrair muitas leitoras.  15,4% é uma boa fatia.  Também é uma revista para adolescentes e jovens adultos.

Ultra Jump:
*Tiragem Média:  65 000.
*Sexo dos Leitores:  94,8% masculino e 5,2% feminino.
*Perfil Etário: Menos de 19 anos (29,4%), entre 20 e 24 (25,7%), entre 25 e 29 (23,5%), mais de 30 anos (21,4%).

Comentário: revista com muitas séries de fantasia e ação e citada pelo fanservice ostensivo.  Bem, é uma revista com público muito mais centrado em jovens adultos e adultos.  Tem leitoras, mas não é um número muito expressivo.

Jump X (Kai):
*Tiragem Média:  34 000.
*Sexo dos Leitores:  69,1% masculino e 30,9% feminino.
*Perfil Etário: Menos de 19 anos (14,3%), entre 20 e 25 (30,1%), entre 26 e 30 (17,9%), entre 31 e 35 (12;7%), mais de 36 anos (25%).

Comentário: revista nova e com o recorte híbrido que já comentei.  A autora de Nodame Cantabile, Tomoko Ninomiya, publica aqui e sua série 87 Clockers, que volta e meia é capa da revista.  Não me surpreende que tenha uma fatia tão grande de leitoras.  Outra revista para adultos, com uma porcentagem bem maior de leitores e leitoras com mais de 30.  Isso não me surpreende, pois as pesquisas apontavam que muitos homens adultos, com mais de 40, curtiam Nodame.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails