domingo, 17 de novembro de 2013

Urgente: Contrata-se Tradutor/a


ATUALIZAÇÃO:  Obrigada por repassarem e pelos contatos feitos.  Eu recebi um número considerável de e-mails.  Agora, acredito, é só combinar com alguém, imagino que a coisa funcione.  Por isso, vou deixar esse post com data de domingo e ele não ficará mais em evidência.

Pessoal, faz algumas semanas que estou tentando conseguir um/a tradutor/a entre meus contatos próximos, mas fracassei, a colega que contatei estava ocupada se preparando para um concurso e as pessoas que ela recomendou não aceitaram.  Enfim, a revista Mechademia está com submissões abertas para a edição de 2015 até o dia 6 de janeiro e o tema é  “Another world is possible” (*Um outro mundo é possível*) e eu gostaria de enviar meu artigo sobre Ōoku (*texto aqui, para que os interessados possam avaliar*).  Como podem ver, o tempo é curto, mas estou desde a época do nascimento da Júlia, quando acessei a página oficial da Mechademia, tentando alguém.

Alguém poderia me perguntar “mas por que você mesma não traduz?”.  Não faço isso, porque precisa ser um trabalho profissional e eu reconheço as minhas limitações, além do valor dos profissionais da área (*que estudam e se preparam para isso*).  Quero ter chances (*nada garante que dê certo*) de que meu trabalho seja aceito.  Por conta disso, se você tem credenciais e quiser se candidatar ao trabalho, gostaria de receber um e-mail seu.  Coloque como título "Tradução" e pode usá-lo para tirar dúvidas, também.  O post não aceita comentários, em que mandar e-mail mesmo.

O que são credenciais?  Ser graduad@ em inglês ou em tradução; ou ter experiência em tradução de artigos acadêmicos.  Se for alguém com conhecimento de mangá, cultura pop japonesa, ficção científica social e estudos feministas e de gênero, está em vantagem.  Posso ajudar no trabalho, com termos e explicações, mas o trabalho de tradução ficaria a cargo da pessoa.

GOSTOU?
Related Posts with Thumbnails