sábado, 23 de julho de 2016

Madame Joker, um mangá que eu gostaria de ler


Madame Joker (マダム・ジョーカー), de Tomoko Naka, é publicada na revista josei Jour.  Na verdade, é raro a capa da revista não ser Madame Joker.  Na época em que havia ranking da Taiyosha e do Comic List, eu podia ver os josei mais vendidos e Madame Joker sempre estava por lá, não raro estreando no top 10.  A série já está no volume #16 e, bem, nada de scanlations.  Mas por qual motivo estou escrevendo esse post?  Porque a capa da última jour estava tão bonita e elegante, que fiquei com vontade de ler este mangá.

Alguns volumes do mangá
Procurando na internet a gente encontra fácil o resumo da história: “Rica, bonita e liberada Ranko Gekkouji pode ser viúva, mas ela não está disposta a perder seus dias guardando luto! Abençoada com riqueza, beleza e crianças adoráveis, a inveja e o ciúme dos outros está sempre transbordando - mas isso não vai impedi-la de fazer o que ela quer. Quando ela não está horrorizando sua sogra, divertindo-se com seu namorado mais jovem, ou sendo uma mãe muito relaxada em relação aos seus filhos adolescentes, Ranko usa todas as suas capacidades para resolver casos, deixando a sua própria marca de justiça em relação aos egoístas, vaidosos e até mesmo os temíveis assassinos que se atrevem a cruzar seu caminho.”  

A tal capa elegante...
Outra capa charmosíssima com Madame Joker.
Só consigo imaginar o quanto é triste não ter esse tipo de mangá para ler e ilustrar o quanto os mangás para mulheres podem ser divertidos, criativos e cheios de imaginação.  Madame Joker parece ser, também, a sua maneira, bem subversivo e debochado. E eu adoro histórias de detetive. ^_^  Talvez, o destino de Madame Joker seja virar dorama um dia.  Quem sabe?  Há uma resenha bem completa do primeiro volume da série neste site.  Está em inglês.  Vale a leitura.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails