domingo, 18 de dezembro de 2016

Grande exposição comemora os 60 anos da revista Ribon


Uma grande exposição comemorando os 60 anos da revista Ribon estará aberta na Tokyo Skytree entre 9 de janeiro e 31 de março.  O nome da exposição é 250 Man Otome no Tokimeki Kairou (250万乙女のときめき回廊).  Se entendi bem, a exposição usará os corredores da torre, mas o estranho é que mesmo com essa data de 9 de março, o Comic Natalie publicou fotos que são de propaganda.  As pessoas parecem artificialmente colocadas nela, mas eu não sou especialista nessas coisas, então... 



Outrora a revista shoujo mais popular para a sua faixa etária (*as outras são a Nakayoshi e a Ciao*), a revista passou por um grande encolhimento em suas vendagens.  As coisas andam estáveis agora, mas houve um momento em que o lar de séries como Maramalade Boy (ママレード・ボーイ), Gokinjo Monogatari  (ご近所物語) e Tokimeki Tonight (ときめきトゥナイト) parecia ameaçada.   A exposição cobre exatamente o que foi o auge das vendagens da revista, nos anos 1980 e 1990, se entendi bem.


Além da exposição, em si, haverá um café com comidinhas temáticas.  Pelas fotos, tudo, exposição e lanches, ficou muito bonito.  Não tenho como confirmar agora, mas acredito que o número do título da exposição, 2.5 milhões, corresponde à vendagem máxima que a Ribon, uma revista quinzenal, alcançou nas décadas de 1980 e 1990.  Na mesma época, a Shounen Jump, que é semanal, vendia 5 milhões, hoje, caiu para a metade, também.  Em nossos dias, as vendagens mensais da Ribon mal alcançam 350 mil, ou algo por aí, um pouco mais, ou um pouco menos.  






Agora, ninguém pense que vendagem de antologia sustenta mercado de mangá, elas sempre funcionam no vermelho.  As antologias servem como veículo de propaganda dos encadernados, produtos relacionados, termômetro para saber o que pode virar anime, ou não  etc.  Agora, se uma antologia vende muito pouco, a editora pode se questionar se não é hora de encerrá-la.  Se suas principais mangá-kas não são mais tão populares ou mudaram de revista.  São muitas as variáveis, mas não há risco no horizonte de cancelamento da Ribon, não é disso que estou falando

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails