domingo, 4 de dezembro de 2016

Volumes mais vendidos de mangá de 2016 no Japão


O ANN publicou semana passada o ranking dos volumes mais vendidos de mangá do site da Oricon.  A coleta foi feita entre 23/11/2015 e 20/11/2016.  São 100 volumes no ranking e, como sempre, não encontraremos muitos shoujo ou josei nele.  Não é surpresa, lembrem-se da exposição que as séries shounen (*e algumas seinen*) tem, na periodicidade das revistas.  Uma Shounen Jump ou Morning são semanais,  uma Betsuma, talvez a revista shoujo mais bem sucedida hoje, é mensal.  Nakayoshi, Ribon e Ciao são quinzenais, mas dependem muito das animações e elas não aparecem muito.  Há revistas bimestrais.  Dêem uma olhada no top 10:


Daí, embora isso não explique o sucesso avassalador da série, que fique bem explicado, One Piece tem quatro volumes lançados em 1 ano, enquanto Kimi ni Todoke, a série shoujo melhor colocada, tem dois.  Teria que vender muito, mas muito mesmo, para entrar no top 10.  E já aconteceu, mas não somente as vendas de Kimitodo encolheram um pouco, ou um muito, porque 300 mil volumes vendidos é o sonho dourado da maioria dos mangás, quanto as exigências para aparecer no top 10 aumentaram.  Enfim, segue a lista com os shoujo e josei que apareceram: 


Por algum motivo, não postei os mais vendidos por volume em 2015, ou, pelo menos, não achei, mas está, aqui, no ANN.  Percebam que Kimi ni Todoke tem dois volumes no top 100, 26º e 32º lugares;  as vendagens parecem piores.  O shoujo mais vendido de 2015, em termos de volume, foi Ao Haru Ride.  Chihayafuru, a série shoujo/josei mais vendida de 2016 (*não por volume lançado naquele ano*), tem um volume somente lançado em 2016, PORÉM tem vários volumes, assim como Kimi ni Todoke, no mercado.  


De resto, os estranhos no ninho são Gekkan Shoujo Nozaki-kun e Otaku ni Koi wa Muzukashii, este último, teve um primeiro volume arrasador e um segundo que merece respeito.  Não sai em revista, não teve anime (*mas terá anime e/ou dorama, aguardem*) e continua causando impacto.  É isso.  Para comparação, os mais vendidos de 2013 e 2014.

GOSTOU?

2 pessoas comentaram:

Chihayafuru é um josei de respeito, kimi ni todoke é fofo, e Nozaki-kun me fez dar altas gargalhadas. Adoro todos <3

Oi! sou leitora do seu blog há muito tempo. Queria saber se você conhece o otakumole, lá tem scans e traduções de diversos shoujos que não tem scanlations, o site usa uma plataforma que coloca os textos traduzidos em cima dos raws. Tem ótimas obras lá!

Related Posts with Thumbnails