terça-feira, 14 de março de 2017

Jane Austen é referência para a mocinha da nova novela da Globo


O amigo Luiz Carlos me passou o vídeo de apresentação da nova novela das seis da Globo, Novo Mundo.  Já comentei alguma coisa sobre ela em um post passado.  Continuo achando o figurino duvidoso, o cabelo da mocinha absurdamente anacrônico e feio, o cabelo de D. Leopoldina (Letícia Colin)  muito escuro e Caio Castro com sotaque português para fazer D. Pedro (*que cresceu no Brasil*) algo inexplicável.  Agora, é possível que a novela seja divertida.  É isso que se deseja, não é?  Uma história bem contada, divertida, romântica, enfim...  Olha o vídeo aí embaixo:


A idéia dos autores, segundo entrevista dada ao jornalista Nilson Xavier, é oferecer um material que dialogue com os filmes clássicos de piratas, aqueles que eu via nas Sessões da Tarde da minha infância, e coisas mais modernas, como Piratas do Caribe.  As referências são evidentes, basta pegar o Leopoldo Pacheco e sua tripulação.  Se der certo, pode ser interessante, mas se quiserem passar mensagens sobre nosso momento político atual, sei lá... Se fosse eu a situar a trama, já que o objetivo é brincar de piratas, eu não situaria a trama no início do século XIX, mas no século XVII, XVIII e sem recorrer pesadamente à personagens históricas.

Esse cabelo... 
De qualquer forma, o texto é mais para marcar que Isabelle Drummond, que fará a mocinha Anna Milmann, disse ter recorrido à Jane Austen, os livros da autora, para compor sua personagem.  Anna é, também, escritora e pintora, ao que parece, isso estará na novela.  Mais uma vez, temos uma mocinha à frente de seu tempo.  Esse papo já virou clichê, quer dizer, não que heroínas fortes sejam regras, a regra é venderem uma heroína forte, moderna para sua época, que, na verdade, se comporta muitas vezes como uma pessoa desconectada da realidade, mimada e que termina enredada pelo vilão... Enfim, quero ter esperança, afinal, os autores – Thereza Falcão e Alessandro Marson – trabalharam em tramas como Cordel Encantado, Desejo Proibido, Avenida Brasil etc.  Vamos esperar.

Será que vai ser mais uma mocinha enredada pelo vilão?
Agora, a principal inspiração para a construção da protagonista foi a britânica Maria Graham que foi, por pouco tempo, governanta das filhas de D. Leopoldina e, pelo resto da vida da imperatriz, permaneceu sua amiga.  Maria Graham escreveu suas impressões sobre o Brasil e algumas das suas importantes personagens, como Pedro I e Leopoldina.  Enfim, a novela está para estrear esses dia, devo dar uma olhada.  Agora, o que me surpreendeu foi a maquiagem de Viviane Pasmanter, muito boa mesmo, ela está quase irreconhecível.

GOSTOU?

1 pessoas comentaram:

Ontem saíram as cenas da nova novela das 21h, da Glória Perez:

https://www.youtube.com/watch?v=XqTRlZ5MoSQ

Related Posts with Thumbnails