segunda-feira, 9 de julho de 2018

Exposição comemora os 50 anos de carreira de Yukari Ichijo

Imagem da série Designer (デザイナー)
Yukari Ichijo é uma mangá-ka extremamente influente no Japão, já foi citada por Naoko Takeuchi (Sailor Moon) como sua principal fonte de inspiração.  Este ano, comemoramos os 50 anos de sua estreia profissional, que ocorreu na revista Ribon em 1968.  Sua primeira série veio em 1970, com Koi wa Oteyawaraka ni  (恋はお手やわらかに).  

Shuna no Shiro (砂の城)
Dona de um traço elegante, quase de revista de modas, Ichijo produziu desde romance escolar, passando por séries de horror/terror, gender bender etc.  Suas séries mais conhecidas no Ocidente são Pride (プライド), cuja protagonista deseja se tornar cantora de ópera, e Yuukan Club (有閑倶楽部) sobre um grupo de adolescentes ricos detetives.  Ambas tiveram adaptação para live action.

Yuukan Club
Eu conheci o trabalho de Ichijo através de  uma série yuri chamada Maya no Souretsu (摩耶の葬列), que envolve vingança, tragédia e duas moças cujo romance não terá um final feliz. Aliás, o tipo de mangá que ela publicava na Ribon nos anos 1970, seria coisa de revista josei, tipo Flowers, ou uma shoujo mais densa como a Melody, nos dias de hoje.  

Pride
Enfim, a exposição, que é paga, abrirá no dia 29 de setembro e seguirá  no Yayoi Museum of Art, em Tokyo, até o dia 24 de dezembro.  Maiores informações no Comic Natalie.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails