domingo, 15 de julho de 2018

Orgulho & Paixão chegou ao capítulo #100 e vai bem, obrigada!

Ema e Ernesto são o melhor casal da novela.
Estou devendo um texto sobre Orgulho & Paixão, a novela LIVREMENTE baseada em livros de Jane Austen.  Eu não tenho como fazer agora e, por causa das férias, estou atrasada em uns cinco capítulos.  Só que sexta-feira chegamos ao capítulo 100, que é um marco.  A audiência não é tão boa quanto as três antecessoras, um dos motivos certamente é a crise de audiência de Malhação, ela vem antes, as pessoas  mudam de canal, desligam a TV e não voltam, mas a emissora parece satisfeita e se está, é porque vê méritos na novela e possibilidades de vendê-la ao exterior.  

Uma vilã para ser lembrada?
Prometo um textão sobre o que vejo como acerto e erro, mas já digo que Lady Margareth (Natália do Valle) entrou para suprir a carência da novela, um vilão forte, já que nenhum dos outros conseguiu funcionar bem.  Novela precisa de vilão e a tal Lady, com todos os seus problemas, já tornou-se candidata a mãe mais cruel das telenovelas.  Está ali ombreando com a Branca (Suzana Vieira) de Por Amor, que tinha três filhos, mas só amava um deles.  

Será que Lady Margareth vai tomar
o troféu pior mãe de Branca?
Enfim, quero só comentar que a novela foi reclassificada para desaconselhável para menores de 12 anos por conter “foram identificadas cenas incompatíveis com a faixa etária de dez anos, a saber, agressão verbal, apelo sexual, ato violento, consumo de drogas lícitas, insinuação sexual, lesão corporal, linguagem de conteúdo sexual e presença de sangue.".  O órgão responsável fez o mesmo com Malhação e Deus Salve o Rei.  A rigor, isso não impacta no horário de exibição, mas pode passar uma ideia equivocada, especialmente para os mais assustados, de que o material teria algo de impróprio.  Pode, também, fazer com que a emissora peça moderação do autor.  Mas moderar o quê?

O logo aparece com a nova classificação.
Como já escrevi reiteradamente, uma novela como a Escrava Isaura original, que é de 1976, ainda durante a Ditadura, não seria exibida  em nossos dias nem no horário das seis, nem no das sete.  Agora, não cabe argumentar que novela não é para criança, porque há a gradação de classificação indicativa e horário exatamente para dosar aquilo que pode ser apresentado e discutido.  Agora, construir uma novela na qual ninguém fuma, bebe, ou sei lá, faz sexo (*e nada de mais ousado é mostrado no horário das seis faz tempo*) é construir uma trama absolutamente inconsistente.  Acredito mesmo que esse tipo de ação, assim como na época da censura, dependa do profissional de plantão e seus gostos.  Muita gente parece não gostar de telenovela, mas não pelos motivos que eu consideraria justificados.

Eis a tabelinha.
Concluindo, recomendo dois textos que saíram esses dias sobre Orgulho & Paixão, o do Nilson Xavier (Trama e vilões atraentes fazem de "Orgulho e Paixão" a melhor novela no ar), especialista em novelas do UOL, e  o de Catia Bittencourt (De frente para a TV: Noveleiro raiz ou nutella?), que escreve para o Jornal Extra.  Meu texto mais detalhado para o blog deve vir em breve, mas, no momento, ando bem ocupada e só estou em dia mesmo com Sinhá Moça.

GOSTOU?

2 pessoas comentaram:

Valeria, obrigada por esse "pré-post" de Orgulho & Paixão! Ansiosa para ler suas impressões sobre a novela, que estou simplesmente ADORANDO! Me divirto demais e dou altas risadas com Mario/Mariana e com o Barão de Ouro Verde! Depois de alguns anos sem acompanhar novelas, estou me deliciando com essa.

Também estou adorando o casal Ema/Ernesto por mais que até pouco tempo torcia por Jorge (o que vão fazer com ele? Parece sobrando na trama...) Mas o casal mais fofo pra mim é a Cecília/Rômulo, eles são uns lindos. Ah e Mariana/Brandão também me encantam!

Acho que a Charlote está começando a gostar do Olegário... Será?? E Briana morreu mesmo? DUVIDO!

Juro que não notei a mudança na classificação, mas sim, era dez anos. Não vi muito sentido.

OBS: O link para a postagem do Nilson Xavier está dando erro, como se fosse um malware. (Pelo menos aqui eu não consegui visualizar)

Adoro os seus textos sobre a novela. O folhetim tem seus erros, claro, mas de forma geral tem sido muito bom acompanhá-la.
Lady Margareth foi um ganho excelente para a trama. E que surpresa boa saber que você considera Ema e Ernesto o melhor casal da novela, porque eu também comungo da mesma opinião. Enfim, guardo ansiosa a sua análise mais detalhada de Orgulho e Paixão.

Related Posts with Thumbnails