sexta-feira, 15 de março de 2019

Jovem japonês com nome constrangedor, consegue alterar seu registro de nascimento


Nomes constrangedores não são coisa estranha no Brasil.  Há pais e mães muito criativos que escolhem nomes únicos para suas crianças.  Algumas se acomodam, outros, buscam mudar seu nome quando chegam à maioridade.  No Japão, segundo o Sora News, é possível solicitar a troca de nome a partir dos 15 anos, ou seja, nem é preciso atingir a maioridade.  Pois bem, um jovem japonês de 18 anos dividiu sua alegria no Twitter por conseguir que seu pré-nome fosse alterado.  


O rapaz recebeu da mães o seguinte nome "Oji-sama" , Príncipe, Sua Alteza.  O honorífico "sama"  dá ainda maior peso de dignidade e respeito ao nome do garoto.  Fico me perguntando se era escrito desse jeito 王子様, ou de uma forma alternativa.  Enfim, deviam rir muito dele.  É a materialização no nome da loucura de chamar meninos de príncipe e meninas de princesa.  O rapaz explicou no Twitter que ele parece ser o primeiro caso de alteração de nome em Kofu, a região onde mora, ou prefeitura, não sei.  Seu novo nome é Hajime, com o kanji 肇 que significa "começo" e, também, "correção".  Eu fiquei pensando o quanto seria curioso uma personagem de shoujo mangá que já se chamasse ouji-sama desde o início da história.

GOSTOU?

1 pessoas comentaram:

Vc tem razao, daria um bom inicio para shoujo dhdhdhd

Related Posts with Thumbnails