sexta-feira, 9 de agosto de 2019

Quatro comentários frustrantes que as japonesas ouvem quando tentam mudar de emprego


O Sora News, um site que sempre traz questões de gênero para a suas pautas, publicou um post sobre quatro comentários horríveis que as mulheres japonesas recebem quando divididas por grupos de idade.  Tudo começou com um post do Twitter.  A tradução está a seguir:
Coisas que as mulheres ouvem quando tentam mudar de emprego:
Idade 23-26: "Você não tem experiência profissional suficiente para esta posição". Idade 27-30: “Então, você é casada? Hmm ... então você vai tirar a licença de maternidade em breve?
Idade 31-35: “Ah, então você tem crianças. Eles ainda são pequenos? Entendo…"

Maiores de 36 anos: "Você já é tão velha, mas não tem muita experiência de trabalho, por isso não podemos oferecer a você uma posição ..."

Seguiram-se, então, uma série de comentários.  A autora do post, @yomimama0908, pergunta “Então, com qual idade você deveria procurar um novo emprego?”. “O modo de pensar das empresas é totalmente intolerante”, conclui ela, muitos comentaristas concordaram. "Quando você vai a uma entrevista, eles perguntam muito mais sobre seus filhos do que sobre você", escreveu uma comentarista. "E se você está com seus 50 anos, eles perguntarão 'Sua visão está OK?  No seu último exame físico, o médico encontrou algum problema médico?'”, acrescentou outra pessoa. 


Segundo o SN, há discussões no legislativo japonês para que esse tipo de pergunta seja banida, quem sabe em um futuro próximo.  Agora, a gente sabe bem que algumas perguntas não são exclusivas do Japão, poderiam ser feitas (*e são feitas*) no Brasil, sem problema, especialmente, sobre filhos.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails