domingo, 9 de fevereiro de 2020

Resultado do 35º Film Independent Spirit Awards


Ontem, véspera do Oscar, foi a entrega do Spirit Awards, que premia os filmes independentes, alguns deles, esquecidos pelo Oscar, que acontecerá, hoje, mais tarde.  Enfim, The Farewell, uma das grandes ausências do Oscar, foi o vencedor.  Curiosamente, Awkwafina não estava indicada a melhor atriz.  A Vida Invisível estava indicado para melhor filme estrangeiro.  O principal oponente de Democracia em Vertigem ganhou melhor documentário, mas o filme de Petra Costa não estava indicado.  Segue a lista dos premiados:

MELHOR FILME – The Farewell (Produtores: Anita Gou, Daniele Melia, Andrew Miano, Peter Saraf, Marc Turtletaub, Lulu Wang, Chris Weitz, Jane Zheng)

MELHOR DIRETOR – Benny Safdie, Josh Safdie, Uncut Gems

MELHOR ATRIZ – Renée Zellweger, Judy

MELHOR ATOR – Adam Sandler, Uncut Gems

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE – Zhao Shuzhen, The Farewell

MELHOR ATOR COADJUVANTE – Willem Dafoe, The Lighthouse

MELHOR ROTEIRO – Noah Baumbach, História de um Casamento

MELHOR EDIÇÃO – Ronald Bronstein, Benny Safdie, Uncut Gems

MELHOR DOCUMENTÁRIO – American Factory (Diretores/Produtores: Steven Bognar, Julia Reichert; Produtores: Julie Parker Benello, Jeff Reichert)

MELHOR FOTOGRAFIA – Jarin Blaschke, The Lighthouse

MELHOR PRIMEIRO FILME – Booksmart (Diretora: Olivia Wilde Produtores: Chelsea Barnard, David Distenfeld, Jessica Elbaum, Megan Ellison, Katie Silberman)

MELHOR PRIMEIRO ROTEIRO – Fredrica Bailey, Stefon Bristol, See You Yesterday

PRÊMIO JOHN CASSAVETES (Melhor longa produzido com menos de 500 mil dólares) – Give Me Liberty (Diretor: Kirill Mikhanovsky Escritor/Produtor: Alice Austen Produtor: Val Abel, Wally Hall, Michael Manasseri, George Rush, Sergey Shtern)

PRÊMIO ROBERT ALTMAN (Melhor elenco)  História de um Casamento (Diretor: Noah Baumbach; 

MELHOR DIRETOR DE ELENCO  Douglas Aibel, Francine Maisler; 

MELHOR ELENCO  Alan Alda, Laura Dern, Adam Driver, Julie Hagerty, Scarlett Johansson, Ray Liotta, Azhy Robertson, Merritt Wever)

MELHOR FILME INTERNACIONAL – Parasite, South Korea (DIRECTOR: Bong-Joon Ho)

MELHOR PRODUTOR – Mollye Asher

SOMEONE TO WATCH AWARD (Cineasta revelação) – Rashaad Ernesto Green, Premature;

PRÊMIO TRUER THAN FICTION (Filmes de não ficção)  – Nadia Shihab, Jaddoland

PRÊMIO BONNIE (Cineastas mulheres) – Kelly Reichardt

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails