quarta-feira, 8 de julho de 2020

Desenhista russa condenada à prisão por fazer arte feminista


A jovem artista Yulia Tsvetkova, de 27 anos, corre o risco de passar até seis anos na prisão por fazer arte feminista.  Ativista dos direitos LGBT, ela é acusada de distribuir pornografia por ter desenhado vaginas e postado nas redes sociais.  A jovem, segundo o The Moscow Times, ficou em prisão domiciliar entre novembro/2019 e março/2020 na cidade de Komsomolsk-on-Amur, no extremo leste da Rússia.  Ela não está mais em prisão domiciliar, mas não pode viajar para fora da cidade, ou da região, não entendi bem.

"Mulheres que estão vivas têm
gordura corporal e isso é normal".
Tsvetkova afirmou para a CNN, que seus problemas com a justiça começaram quando seu grupo de teatro amador encenou duas peças, uma questionando estereótipos de gênero, como meninas vestem rosa e meninos vestem azul, ela disse em entrevista, e outra sobre militarismo.

"Mulheres que estão vivas
têm pele imperfeita e isso é normal".
Mais tarde, ela foi acionada por causa dos desenhos que posta em sua página pessoal, chamada de Monólogos da Vagina, o nome de uma famosa peça de teatro, promovendo  body positivity, isto é, que as mulheres olhem para seus corpos com mais carinho, respeito e aceitação.  Trata-se de mais um daqueles casos escandalosos de desrespeito aos direitos humanos e das mulheres, em particular, na Rússia.

Um dos desenhos pornográficos
da artista, segundo o DW.
Acho que no mês passado, o Põe na Roda fez uma entrevista com um Youtuber gay famoso do país.  Ele defendeu o tempo inteiro que ser um homem gay na Rússia não é um grande problema, que tem uma boate gay na esquina da casa dele, desde que você não seja militante.  O moço se recusou a falar das mulheres, porque disse não estar inteirado da situação das lésbicas.  Foi sábio, porque ser mulher em um país que se esforça em reforçar estereótipos de gênero implica em se subordinar ao masculino, a aceitar limitações inventadas como naturais.  
Yulia está sendo acusada de fazer propaganda homossexual,
o que é contra a lei do país.  Nesse momento,
está em discussão uma reforma constitucional na
Rússia, um dos pontos é proibir a adoção por LGBTQ+.
E, bem, é por causa disso que  Yulia Tsvetkova está sendo perseguida.  Espero que Yulia Tsvetkova não seja condenada.  Mas que ninguém se engane, porque com o governo que temos, caminhamos para uma situação bem complicada.

GOSTOU?

1 pessoas comentaram:

Governo sem noção coitada da guria :(

Related Posts with Thumbnails