domingo, 12 de julho de 2020

Quem inventou os olhos brilhantes do Shoujo Mangá?


Eu sigo a Suzue Miuchi, autora de Glass Mask (ガラスの仮面), no Twitter.  É tipo ficar stalkeando a mulher até que ela diga que vai terminar Glass Mask (*Que iludida que eu sou!*), enfim... Hoje, ela estava comentando um programa que foi ao ar na NHK com esse tema e as pessoas falando dos olhos de shoujo mangá.  Glass Mask foi citado, mas o ponto de partida, claro, é Makoto Takahashi.

Matoko Takahashi era ilustrador e passou a fazer shoujo mangá nos anos 1950.  Ele introduziu uma série de inovações estéticas que passaram a fazer parte da demografia e foram sendo aperfeiçoados ao longo do tempo.  Há um texto sobre ele no Shoujo Café.

Depois, ela comenta como algumas pessoas que apareceram no programa destacaram que Maya, a protagonista de Glass Mask, parecia ter glitter nos olhos.  Enfim, esses olhos super brilhantes não são mais hegemônicos em nossos dias, mas eram a regra nos anos 1970 e ainda continuam muito populares em revistas para meninas mais novas, como a Nakayoshi, a Ciao e a Ribon.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails