segunda-feira, 16 de novembro de 2020

Mocinha morre de tanto trabalhar e reencarna dentro de um Otome Game: Recomendação de Mangá (+18)

Otome Gamu no Hametsu Furagu Shika Nai Akuyaku Reijō ni Tensei Shite Shimatta… (乙女ゲームの破滅フラグしかない悪役令嬢に転生してしまった…), o romance/anime/mangá da Katarina Klaes, deu cria e desencadeou um filão dentro dos shoujo e josei mangá.  Hoje, tropecei em mais um deles, só que é um mangá erótico, então, se você não tem 18 anos, ou 16, pelo menos, pule esse post.  

Tensei Shoya Kara Musabori Etchi ~ Ouji no Honmei wa~ (転生初夜からむさぼりエッチ~王子の本命は悪役令嬢),  ou Game World Reincarnation ~Sex on the First Night~, de Re:mimu, começa com a protagonista, uma office lady, fazendo aquelas longas horas extras no escritório.  Ela reclama, está passando mal, antes de desmaiar ela olha o delular e pensa que, se morrer, não poderá rever o príncipe do game que está jogando.  Ela desmaia, cai morta, na verdade, e acorda dentro do tal jogo.  Só que ela não é a mocinha, mas a vilã, assim como a nossa Katarina.

Karoshi (過労死) é o nome que os japoneses dão à morte por excesso de trabalho, um dos problemas sociais do país.  Mas a série não discute isso.  Nossa heroína sem nome acorda com o uniforme escolar de uma escola para membros da elite de um reino mágico.  Lá, ela se chama Diana, e está noiva de um príncipe chamado Sirius.  Só que, no jogo, a mocinha se chama Kris e é com ela que o rapaz, que é lindíssimo, precisa ficar.  É isso, ou aquele mundo será destruído.  O problema é que a office lady era apaixonada pela personagem e, apesar dela querer fazer a coisa certa, isto é, sacrificar seu amor por Sirius pelo bem daquele mundo, não será tão fácil assim...

O noivado de Sirius e Diana no game parecia ser um acordo entre famílias, só que ela descobre que o rapaz é apaixonado por ela e fica ainda mais insistente quando ela tenta rejeitá-lo e atirá-lo para Kris.  Curiosamente, temos um primeiro capítulos sem sexo algum, e isso é bom, porque esse tipo de série tende a socar cenas de sexo e atrapalhar o fluxo da história, mas, nos outros capítulos, teremos muita pegação.  Aparentemente, a mocinha era virgem, ainda que Sirius pareça duvidar que Diana, sua noiva vilã, seja.

Há scanlations até o capítulo 7, Sirius e Diana não fizeram sexo ainda, mas ela nessa altura já está meio que jogando a toalha e se jogando, mas eis que ela tem um pesadelo e vê Sirius acorrentado, o mundo em chamas e um vilão coberto de sombras.  Além de Kris, a única outra personagem mais delineada que aparece é o criado pessoal de Diana.  Ele parece entrar em cena sempre que Sirius e Diana estão no quase.  Das duas uma, ou ele gosta dela e é e propósito, ou ele é o vilão.  Vale a pena se arriscar?

Que dizer mais do pouco que li?  A arte é muito bonita, Sirius e Diana são lindamente desenhados.  A autora é boa de anatomia.  Espero que a história tenha algum aprofundamento, mais personagens e que o vilão seja revelado logo.  Pelo que eu tenho visto, esses mangás eróticos ou são curtos demais, ou tem um número absurdo (*e muitas vezes desnecessário*) de capítulos.  Este ainda está em andamento e a história tem muito o que desenvolver.  Se quiser ler os capítulos, eles estão aqui.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails