segunda-feira, 7 de maio de 2012

Sakamichi no Apollon: poesia em forma de Anime



Depois de assistir ao episódio 4 de Sakamichi no Apollon, não pude me segurar, precisava escrever alguma coisa. Infelizmente, isso acaba empurrando o post que estou devendo sobre o mangá, ainda que tenha me obrigado a olhá-lo para confirmara ordem dos fatos. Pois bem, o anime não está sendo fiel ao original, quer dizer, não à ordem dos acontecimentos, aos detalhes. Não é de forma alguma um Honey & Clover, que seguia quase que passo-a-passo o original, mas é fiel ao espírito da obra de Yuuki Kodama.

Acompanhando o desenrolar dos episódios, é possível perceber que o homoerotismo forte do primeiro capítulo – o bromance – foi abandonado. Quem se deixou fisgar por ele, não deve largar o seriado. Quem se sentiu repelido pelo clima romântico entre Sentarou e Kaoru, não abandone a série, pois não sabe o que está perdendo. O problema é que no segundo capítulo foi difícil colocar as coisas nos eixos, nos convencendo que Kaoru se apaixonou por Ritsuko e que Sentarou vai se apaixonar por Yurika. As meninas pareciam sobrando na relação dos dois amigos. Mas eis que os episódios 3 e 4 resolveram ou complicaram tudo...

É muito bonito ver a amizade dos meninos crescendo e como a música, o amor pelo Jazz é o elemento que os une. Sentarou poderia se tornar uma personagem realmente irritante, mas mostra-se tão humano e preocupado com Kaoru, que, pelo menos para mim, é impossível não gostar dele. Kaoru, por sua parte, vence a sua timidez através da música, do apoio de Sentarou e ganha forças para se declarar para a menina que ama e sofrer com a aparente rejeição dela. E o episódio 4 foi um primor, perfeito como fazia tempo eu não via.


Temos um imbróglio amoroso que me irrita (*não vou negar*), afinal, prefiro um triângulo ou um quadrado com amantes confusos e/ou infelizes do que o mal entendido. Kaoru acha que Ritsuko ama Sentarou, Ritsuko acredita que Kaoru ama Yurika e que a moça retribui o seu sentimento; Kaoru, por sua vez, sente-se culpado por ter dado um empurrãozinho para aproximar a bela Yurika de Sentarou; e Ritsuko se sente inferior à moça que é mais bonita, elegante, refinada e madura. OK, se isso não se desfizer rápido eu me aborrecerei, mas seja no mangá, seja no anime, o caso tem sido conduzido com tanto sentimento que eu não consigo me chatear, e voltamos ao episódio 4.

Eu pensava que cada dois episódios cobririam um volume do mangá. Só que os episódios 3 e 4, misturaram a ordem de acontecimentos dos volumes 2 e 3 (*espero ansiosamente as scanlations do volume 4*). E Kaoru se declara para Ritsuko e temos a cena do piano – o garoto se declara tocando "Someday My Prince Will Come" (*de Bill Evans*) – e a seqüência na neve. Além da animação e do character design funcionarem harmoniosamente, os dubladores fizeram um trabalho espetacular. Todo o capítulo foi marcado por reviravoltas dramáticas, colocando sentimento onde a leitura do mangá só nos permitia imaginar. Lindo! E a música?

Enfim, temos tudo para que as coisas se compliquem ainda mais, pois Yurika termina se apaixonando por Junichi. O amigo de Sentarou e Ritsuko, que já está na faculdade. E, bem, eles conseguiram usar a música para marcar o momento em que a moça se apaixona por ele quando Kaoru está ao piano e o moço canta “But Not For Me”. Eu queria a música completa, mas foi tudo tão bonito, o close nos olhos da moça e tudo mais. E foram os mesmos ângulos do mangá, mas tudo enriquecido com som, voz, cor... Foi um episódio emocionante.


E, como puxaram acontecimentos do volume 3, temos Sentarou contando sobre sua infância para Kaoru, mostrando que ele não é o único solitário. Eu queria mais scanlations, porque a leitura do mangá é muito prazerosa e sei que o anime está mexendo na ordem dos acontecimentos e cortando muita coisa, no entanto, é um prazer assistir esta série tão emocionante, humana e musicalmente enriquecedora. E que venha o episódio 5 com mais corações partidos e Jazz de primeira.

GOSTOU?

11 pessoas comentaram:

Concordo, Valéria! O episódio 4 foi muito bonito. Confesso que fiquei com o coração apertado pelo Sen... >.>"

A série consegue passar tanto sentimento que acredito que, mesmo com esta confusão amorosa, será impossível não se emocionar com a série. Quem dirá abandoná-la!

Ainda não comecei a ler o mangá... Mas já estou preparando tempo para isso! Conferi por alto o capítulo referente a este ep., e vi que eles mudaram mesmo a ordem e cortaram algumas coisas. E eu não quero perder nada de Sakamichi ^_^

Eu estou adorando o anime e o mangá. Realmente é uma leitura tão boa. E quanto ao anime, faz tempo que eu não fico ansiosa esperando um episódio a cada semana. A cena do bar foi tão linda. Eu até peguei a trilha sonora para escutar.

Ok, por culpa da senhora eu vou baixar. Já li mais de uma resenha sobre o anime, mas esta é a primeira que realmente é convincente ^^

Estou evitando ler o mangá para aproveitar melhor o anime, já que comparações são inevitáveis, mas tá difícil segurar a vontade. ^^

Eu confio no diretor, Watanabe Shinichiro, e vou continuar assistindo para ver como esse "quadrângulo amoroso" se resolverá.

Oi Valéria! Também estou assistindo o anime, e gostando demais! =D Junto com "Space Brothers", esse é um dos melhores da temporada, com certeza!^^ Aproveitando que você lê o mangá, queria tirar uma dúvida sobre o tal "imbróglio amoroso": Você consegue dizer se a Ritsuko gosta do Kaoru ou do Sen? No começo eu achava que era do Kaoru, mas pelas reações dela nos últimos episódios comecei a achar que as suspeitas dele estão certas, e que ela gosta mesmo do Sentarou...Como, com excessão do próprio Kaoru, ninguém nesse anime deixa claro o que sente, eu não consigo desfazer essa confusão, >_<.

Eu tbm tenho acompanhado. Não sabia que estava tão infiel a série (ok, nem tanto), mas estou adorando o anime... então, na minha opinião, esta sendo muito bem adaptado.
Adoro os personagens e os acontecimentos... além de a cada episódio, achar melhor o jazz xD
Enfim, recomendo pra qualquer pessoa.

Ô, Pedro, vale muito a pena assistir. :)

Angélica, eu realmente não sei...

estou completamente apaixonada por essa série e mangá.

a animação caiu nas melhores mãos possiveis e mesmo acompanhando o mangá, não sinto que está tão corrido, já que o watanabe está conseguindo, com primor, capturar o mais importante

acabei de baixar a versão full da abertura, não vejo a hora de ter o encerramento tb - meu grande amor musical dessa temporada - e repeti-la dezenas de vezes

Sinto falta de uma boa conversa sobre os músicos que são apresentados rapidamente com a capa de seus discos, pode ser coisa da minha cabeça, mas isso tem ficado um tanto quanto vago. (Por vezes, em Nodame tem explicações sobre o sentido das composições, algo deste modo que sinto falta.) Mas, em todo caso, o anime realmente surpreendeu nesse quarto episódio!

o anime é um alentos depois de muito tempo sem algo de peso no mercado de animação....^^mangá tb é 100

Oiieeee *--* eu realmente amei o anime sakamichi no Apollon e gostaria de saber se alguém sabe onde posso baixar o mangá para ler >< acredito que ficou algumas interrogações no meio do anime hahaha xD além disso amo traço de mangá, e no anime, dá para perceber as fisionomias lindas dos personagens, imagine então em mangá *_____* obrigado pessoal o/

Related Posts with Thumbnails