quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Seios à mostra em Salve Jorge e os comentários pseudo-moralistas



Vou abrir uma exceção e fazer um micropost comentando uma ceninha de Salve Jorge de ontem e sua repercussão. Estou assistindo a novela, devo acompanha-la até o fim. É mais uma variação do que Glória Perez já fez antes com algumas alterações – uma quantidade muito bem-vinda de atores e atrizes negros, por exemplo –, ou seja, nada demais. O meu principal motivo para assistir é a subtrama do tráfico humano.   (*Há outros, claro, não vou mentir: Rodrigo Lombardi, Murilo Rosa, Capitão Herculano, etc.*). Na verdade, o correto seria dizer tráfico de mulheres (*70% ou mais do todo*), já que nós somos a maioria das pessoas traficadas. Pois bem, a personagem de Carolina Dieckmann – que deve morrer nos próximos capítulos – vai para a Europa achando que iria trabalhar em uma pizzaria, ganhando em dólar (*não euros*) e comprar uma casa própria em um ano. Pausa para refletir sobre o quanto essa história é tolinha e sem noção. OK, voltemos.

A moça e outras que estavam com ela, chegam à Espanha, seus passaportes são confiscados e elas são levadas para um bordel. A tolinha da Carol Dieckmann diz que veio para trabalhar em uma pizzaria como atendente. Ensaia um escândalo, leva um tapão na cara do “funcionário” responsável e tem sua blusa rasgada por ele. Os seios da atriz ficaram expostos por, sei lá, uns dois segundos. Eu até comentei no Twitter que fazia tempo que não via seios (*ou bunda*) em novela das oito/nove. A classificação indicativa e a auto-regulamentação das emissoras tem optado por “coisas mais castas”. Meus alunos e alunas adolescentes não acreditam quando conto que depois da abolição da lei de censura em meados dos anos 1980, tínhamos seios e bundas em propagandas e filmes da Sessão da Tarde. Hoje, restou a violência...

Passei no Yahoo hoje e fiquei sabendo que a cena – de dois segundos, se muito – foi censurada no site da emissora. Quem não viu o capítulo, não terá acesso a essa cena imoral... Não porque a personagem apanha, mas porque seus mamilos aparecem.  Os comentaristas pudicos do Yahoo acusam a autora de “apelação” e retomam o caso das fotos de Carolina Dieckmann, como se se desnudar para um trabalho fosse o mesmo que ter sua intimidade violada. No geral, temos uma grita moralista hipócrita e machista que expõe o quanto estamos andando para trás.

Glória Perez pegou leve. Mulheres traficadas são tratadas como escravas, aliás, a primeira cena com a (*intragável*) protagonista sendo vendida e o responsável dizendo “podem examinar a mercadoria!” e um homem a apalpando (*de leve*) só sugere o horror ao qual essas mulheres são submetidas. Se a Glória Perez quisesse poderia ir além, aliás, ela jamais poderia mostrar nem uma ínfima parte de toda a violência. O comum em um caso como o da personagem de Dieckmann seria ela levar uma surra e ser estuprada por vários funcionários para “aprender” a ser submissa e que esse seria o seu destino. Se não funcionasse, seria morta. Recomendo muito um filme russo depressivo chamado Lilya 4-Ever. Esse moralismo burro me embrulha o estômago... Sábado, comento a novela como um todo.

GOSTOU?

2 pessoas comentaram:

O pior de tudo foi o Yahoo linkar a cena com o caso das fotos! o Yahoo é um vício meu, é meu portal de notícias número um, talvez por eu ser usuária do Yahoo Respostas, acabei me acostumando só com ele.

Apesar do machismo nojento, vi muito comentários coerentes, pena que o meu comentário não sai, porque o Yahoo é uma bagunça...

A notícia mais recente traz Carolina falando sobre o caso das fotos. Incrível o "moralismo" das pessoas em detonar a atriz,a chamando de vadia para pior só por causa das fotos. Pior são os homens que dizem que ela não se dá ao respeito, e admitem terem visto as imagens dela.

Aff...

Fazemos parte do mesmo grupo das que enjoam com moralismo burro. Gostaria muito de acompanhar essa novela, mas ainda não sei se ela vai pegar aqui em casa e meu pai é o dono da televisão, ou seja, só se assiste o que ele quer.

Related Posts with Thumbnails