sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Amazon inicia as atividades no Brasil



Conforme anunciado, a Amazon iniciou sua atuação no Brasil. Por enquanto, trata-se somente dos livros digitais (*kindle*), ainda. Realmente não sei se as máfias irão permitir a venda de livros físicos. De qualquer forma, ainda que você não tenha o aparelho Kindle, que eu não sei se receberá isenção de impostos, algo fundamental para a sua difusão, você pode baixar o aplicativo e ler em celular, pc, tablet, iPad, etc. A maior vantagem é poder comprar qualquer livro em da loja Kindle em reais e em outros IOF (Imposto sobre operações financeiras) que incide sobre compras internacionais. O site é este aqui.

GOSTOU?

2 pessoas comentaram:

Que legal! Acho muito interessante essa coisa de ler livros em aparelhos (menos em computador), acho muito comodo ler mangás e livros no notebook, deitado na cama. Às vezes acho até mais prazeroso que ter o livro em mãos. Por exemplo: estou lendo os livros da Guerra dos Tronos em inglês em versão poket só pelo peso que o da versão brasileira tem e pelo tamanho, meus dedos e braços doem quando leio algum livro dessa serie em português, sem falar que são enormes e não dá para serem levados para todo lugar. Também há outra vantagem para mim ler livros em formato eletrônico, não tenho muita paciência para reler livros, poucos são os que eu reli. Há vários livros aqui que só li uma vez e não pretendo ler mais. Já tentem me livrar de vários (como os de Crepúsculo) mas não consegui, só servem para ocupar espaço nas minhas prateleiras...
Ah, e se a Jump realmente vier ao Brasil, na minha opinião, tem que ser em formato eletrônico. A revista sairia em um preço mais em conta, não teria o terrível problema da distribuição setorizada e a periodicidade poderia ser mais rápida.

Bom, voltando a falar sobre a Amazon, espero que aqui no Brasil ela tenha a mesma diversidade de produtos da americana.

Não sei se é porque eles estão começando agora, mas eu achei o preço dos livros está alto demais para uma versão digital.
Compare o preço da versão digital de Jogos Vorazes (na Saraiva) com a versão impressa (do Kindle, mesmo preço que a versão digital na Saraiva):
*Digital: http://www.amazon.com.br/gp/product/B00A3D1OYU/ref=s9_al_gw_g351_ir02?pf_rd_m=A1ZZFT5FULY4LN&pf_rd_s=center-3&pf_rd_r=02JM5B3ZN6HQ61M358PJ&pf_rd_t=101&pf_rd_p=1429283442&pf_rd_i=5461252011
*Impressa: http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/3043954/jogos-vorazes/

Agora vamos usar a simples mentalidade brasileira: pra quê eu vou dar quase o mesmo preço do livro físico em uma versão digital? Ou pior ainda, pra quê comprar a versão digital se eu posso baixar de graça na internet?

A verdade é simples, o kindle (e livros digitais, em geral) nunca vai competir com os livros impressos no Brasil enquanto não houver um preço realmente vantajoso para quem comprar o digital. Tem que se pensar também, que a pessoa além de ter que comprar o livro, vai ter que comprar o aparelho, que está muito caro por sinal.

Related Posts with Thumbnails