segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Taxas de suicídio caem pela primeira vez no Japão em 15 anos



Segundo o Daily Yomiuri, as taxas de suicídio registraram queda por oito meses consecutivos no Japão. Segundo o jornal, é a primeira vez em 15 anos que o número de suicídios no país deve ficar abaixo dos 30 mil ao ano. Até o momento são 2800 vítimas a menos. Levando-se em conta que o Japão tem uma das taxas mais altas de suicídio do mundo e a questão já se projetava como um drama social, ver esta pequena queda é um alento.


Eu já escrevi duas vezes sobre a questão aqui (*1-2*) e as imagens do post vem de uma das histórias do excelente mangá Confidential Confessions. Bullying é uma das causas de suicídios, assim como a pressão pelo sucesso escolar, e crianças e adolescentes são extremamente vulneráveis. A falta de uma condenação moral ou religiosa para a prática e a associação do suicídio a uma possibilidade concreta de salvar sua honra e a da família, servem de estímulo, alento e sanção. A crise econômica vinha agravando as taxas, especialmente entre os homens. Aliás, se o que eu soube confere, o único país onde mulheres se matam mais que homens é na China. Enfim, espero que as taxas continuem em queda e que isso seja sintoma de uma mudança cultural mais profunda.

GOSTOU?

3 pessoas comentaram:

Uma pergunta: não seria porque a população já vem diminuindo há bastante tempo e agora simplesmente já tem menos pessoas a se matar por haver, simplesmente, menos pessoas?

Não é o caso, não, Alexandre. A população vem em queda faz muito tempo e a taxa de suicídios foi ascendente por vários anos.

Oi Valéria.

Quando eu assisti o primeiro episódio de Utena, havia no final uma entrevista com o diretor do anime,na qual ele dizia que achava que os jovens do Japão estavam se suicidando por falta de imaginação.

Se não me engano, na época, havia um alto índice de suicídios, principalmente por causa de fracasso escolar.

Acho muito bom quando uma pesquisa aponta resultados positivos - em particular, no que se refere à juventude, em qualquer lugar do mundo - hoje em dia.Dificilmente vemos algo melhor que altas taxas de "acidentes de transito por embriaguez", "violência",e afins.

Related Posts with Thumbnails