terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Hana Yori Dango terá continuação shounen e publicação simultânea nos EUA e Coréia do Sul


Ainda estou tentando assimilar que Kamio Yoko aceitou e os editores da Margaret, também, que ela publicasse uma continuação oficial de Hana Yori Dango (花より男子), cujo nome em japonês é Hana Nochi Hare - Hanadan Next Season  (花のち晴れ 花男), na revista Shounen Jump, ou melhor, no projeto “Jump Start” Iniciative.  Segundo entendi, os três primeiros capítulos estarão on line – não acho que seja na Jump de papel – a partir do dia 15 de fevereiro.  O curioso é que os capítulos estarão disponíveis simultaneamente nos EUA – daí a nota no ANN e na página da VIZ – e na Coréia do Sul.  Esta simultaneidade só comprava o sucesso internacional da série.


A nova série, que eu duvido que dure muito, seguirá os passos de uma nova geração de personagens na elitista Academia Eitoku.  Segundo com Comic Natalie, e os outros links citados antes, a ação se passará dois anos depois da formatura dos F4 originais de Makino Tsukushi.  Incomoda-me muito que o shoujo mangá mais vendido da história – e que agora deve ter suas vendas realimentadas – não tenha sua continuação na revista original, a Margaret.  Ao contrário de Nana, por exemplo, que atraiu um público leitor masculino fiel, Hanadan tem muitíssimo mais leitoras.  Resultado?  A Margaret perde a chance de bombar suas vendas por algum tempo.  Sei lá, é injusto, é inadequado, e duvido que a Kamio Yooko vá fazer algo diferente do seu padrão por estar em uma revista prioritariamente para garotos.  Mais ainda, não sei se o público feminino da Jump seja igualmente fã de Hanadan como é de One Piece (ワンピース) ou Prince of Tennis (テニスの王子様).  Vamos esperar... 


O CN também explicou que os volumes do Hana Yori Dango original estarão disponíveis para leitura gratuita on line e colocou um cronograma.  O volume #1 estará disponível do dia 11 ao 15 de fevereiro, os demais seguirão uma escala.  Enfim, o que eu queria que Kamio Yoko fizesse é um final decente para Tsukushi e Doumiyouji, seu reencontro depois dos estudos do rapaz no exterior.  Sim, estou com muita má vontade em relação a este novo Hanadan, muita mesmo!  Agradeço à Giovanna que me avisou da notícia.  Estou com Júlia às voltas com novos dentes e se recusando a ficar longe de mim, comer, dormir e tudo mais.  Um inferno.

GOSTOU?

5 pessoas comentaram:

Eles falaram tambem no site da ANN que apos 200 compartilhamentos no face ou no twitter iria ser divulgada outra novidade sobre hana yori dango, tinha esperança de ser um novo anime... A esperanca nunca morre né

Obrigada pelo esclarecimento da notícia Valéria.
Eu...francamente não sei o que esperar dessa outra história. Vou querer acompanhar porque é da Kamio (Hanadan e Cat street estão entre os meus mangás favoritos), mas assim como você não estou muito confiante. Não parece bom e pode ser meu sonho de ter um remake do anime e/ou sequência direta da história original falando mais alto.
Força aí, criança quando tem dentes nascendo dão um trabalho hercúleo rs.

Nossa, quando vi a notícia no Facebook não achei que teria essa ligação com a Jump. Vixe...
Bem, mas continuo feliz com a notícia. Hanadan é o meu shoujo favorito e marcou a minha vida. Fiquei muito feliz em ver que a série não está esquecida, já que os últimos aniversários passaram batidos e o último material de importância foi em 2009, a versão coreana. Haviam anunciado versões de outros países e até agora nada saiu do papel e a edição americana do mangá é quase impossível de encontrar, em um momento em que a VIZ está republicando quase todas as suas séries de sucesso.
Espero que com essa continuação e a exposição que a marca Jump dará ao mangá dê chances de termos um remake do animê, uma republicação do mangá nos EUA ou novos dramas. Quem sabe até um novo drama japonês. Por que não, se Hana-Kimi e Itazura na Kiss podem?

Será que aquela série americana feita por fãs ajudou nesse retorno de Hanadan? Eu acho capaz, vendo que o mangá será publicado simultaneamente nos Estados Unidos e Coreia. Não é de hoje que a Coreia queria um novo Hana Yori Dango. O canal que exibiu a versão coreana disse que tinha planos de fazer uma continuação, spin-off ou reboot. Vários outros canais começaram a fazer dramas que tentavam imitar o sucesso da versão corena, como o The Heirs, que algumas pessoas consideram o Boys Over Flowers 2 e que tem até mesmo o mesmo "Domyoji".

Victor, quer transformar suas conjeturas em guestpost?

Related Posts with Thumbnails