segunda-feira, 20 de julho de 2015

Júlia assistiu seu primeiro longa metragem


Entre sábado e domingo, Júlia assistiu 3 filmes completos: Enrolados (Rapunzel), A Princesa Sapo e Toy Story. Enrolados a capturou totalmente, não piscou, não se mexeu e queria ver de novo e de novo. A Princesa Sapo a irritava quando as seqüências eram do vilão, ela mostrava impaciência, mas, mesmo assim, não abandonou a fita. Já com Toy Story, ela se interessou, ficou séria e atenta, mas deu umas circuladas pela sala. 

Vou testar outros filmes, preciso de Procurando Nemo.  E tentarei Totoro em breve.  Mais ou menos um mês atrás, eu tinha oferecido Frozen e Rei Leão e ela nem tinha se importado.  Pediu para trocar.  Agora, eu acho que está quase pronta para ir ao cinema.  Quem sabe ela não vai assistir ao Pequeno Príncipe comigo?  Amei o trailer e acredito que possa ser legal para nós duas.  

Enfim, é só o relato de uma mãe babona e emocionada com alguns progressos que a filhinha vem fazendo.  Queria mais animes infantis dublados para que ela pudesse ver.  E foi bom fugir de Peppa Pig, ela se apaixonou por esse desenho, mas eu entendo os motivos.  É direto, trabalha com repetição, crianças se comportam como crianças e bebês - ela ama o George - como bebês.  Sucesso garantido.

GOSTOU?

1 pessoas comentaram:

Totoro só fez sucesso aqui em casa com as crianças um pouco maiores.
Em compensação, meu filho assistia a Porco Rosso desde pequeno e adorava (tanto que eu acabei decorando a trilha do anime e vivia assobiando), mas minha filha não curtiu.
Frozen e Pepa realmente são sucessos absolutos com minha filha. Ela pegou vários maneirismos da porquinha, que mesmo sendo um pouco irritantes às vezes, eram muito fofos.
Mas fico feliz que ambos curtiram muito o Digimon. Era todo dia aqui em casa.

Related Posts with Thumbnails