domingo, 1 de novembro de 2015

As Mulheres da Comuna de Paris estrelam quadrinho francês



A Comuna de Paris foi um marco no século XIX e motivo de assombro até hoje.  Derrotada na Guerra Franco-Prussiana, o governo republicano de Thiers, que se seguiu à queda de Napoleão III, se viu questionado por uma revolta popular em 1971.  Os membros da Comuna chegaram a governar país.  A reação do governo e da burguesia não tardou e foi sangrenta.  Agora, uma trilogia de álbuns franceses retoma a participação das mulheres nesse movimento revolucionário.  


Burguesas, operárias, prostitutas, intelectuais, anônimas ou notáveis, francesas ou estrangeiras, todas ganham rosto e participação na obra de Wilfrid Lupano.  O roteirista assina os três volumes Communardes!, mas cada um deles terá um desenhista diferente.  


O primeiro volume, Les Éléphants rouges se inspira na feminista e anarquista Louise Michel (a “Virgem vermelha de Montmartre” que foi deportada para a Nova Caledônia e viveu no exílio de 1873 a 1880), é desenhado por Lucy Mazel.


O segundo volume, L’Aristocrate fantôme, se inspira em Élisabeth Dmitrieff (1851-1910), uma jovem russa de 20 anos, que se encontrou com Karl Marx, e é a fundadora do primeiro movimento oficialmente feminista da Europa.  Por sua aparência e paixão revolucionária, ela despertava atenção e nem sempre uma atenção para as idéias que professava.  Ela escapou da Semana Sangrenta (21-28 de maio de 1871) e conseguiu reaparecer na Rússia em outubro do mesmo ano.  O desenhista é Anthony Jean.


O quadrinho dá destaque a outras mulheres (Nathalie Lemel, André Léo, Paule Minck, Victorine Brocher etc.) e suas bandeiras: igualdade salarial, direito ao divórcio, ensino laico  profissionalizante ao alcance das mulheres, fim do capitalismo, abolição da prostituição. 


Os dois volumes citados, foram lançados em setembro.  O terceiro, que sai em 2016, vai falar da Semana Sangrenta, o fim da Comuna, e será desenhado por Xavier Fourquemin.  O preço dos volumes é 14,50 euros.  Caro, muito caro, com o Real desvalorizado e o frete.  


Para maiores informações e imagens, vá ao site BDzoom.  Agradeço ao Pedro por ter passado o link semanas atrás.  Era mais uma das minhas pendências.  Nem queiram saber quantas ainda faltam... 

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails