quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Outlander lançado no Japão com comentários de Chie Shinohara e Hagio Moto


O seriado televisivo baseado na série de livros Outlander, de Diana Garanbon, parece estar fazendo sucesso.  Pelo menos algumas amigas estão gostando... :)  Pois bem, quase nem abri essa notícia no Comic Natalie, mas acabei olhando e descobri que era sobre o lançamento da série em DVD/Blu-ray no Japão e vi que Chie Shinohara (Anatolia Story) e Hagio Moto comentaram a série.  Elas são fãs e, parece, que seus comentários (acredito eu) foram colocados nos boxes japoneses. Enfim, vou colocar aqui mais ou menos o que elas disseram:

Moto Hagio
“Drama histórico, Outlander tornou-se série de vídeo. Sam Heughan está perfeito como guerreiro ruivo e pouco sofisticado Jamie. Claire também é inteligente e bonita. Sua natureza transmite intensidade, gravidade e beleza. Compaixão pelos seres humanos, honestidade, crueldade, traição. Tudo o que há. É grande drama. É uma história de amor eterno além do tempo.” 

Chie Shinohara 
“É assim mesmo como uma bela pintura. Ele [o herói] estava em transe primeiro pela beleza da figura da heroína, Claire, mas a atriz que interpreta é convincente eu vejo nela o modelo original. A série também é irresistível para os amantes da história. ”



Para quem não sabe, Outlander é uma série de livros de autoria da escritora americana  Diana Gabaldon.   É uma saga com vários livros (A Viajante do Tempo (1991), A Libélula no Âmbar (1992), O Resgate no Mar (1993), Os Tambores de Outono (1996), A Cruz de Fogo (2001), Um Sopro de Neve e Cinzas (2005), Ecos do Futuro (2009), Written in My Own Heart's Blood (2014)), e eu só tenho o primeiro, que nem terminei de ler...  



De qualquer forma, parece ser interessante, afinal, nenhuma história com viagem no tempo – seja para o futuro, ou passado – consegue ser de todo descartável.  A história geral é mais ou menos a seguinte: “A inglesa Claire Randall, enfermeira durante a Segunda Guerra Mundial, viaja com seu marido Frank à Escócia para uma lua de mel na Escócia, o objetivo é a reaproximação após anos separados pela guerra. Entretanto, Claire acaba caindo em uma fresta temporal e voltando mais de 200 anos no tempo.  A mulher, então, se descobre sozinha no ano 1743 durante os levantes jacobitas, conflito sangrento que opôs ingleses e escoceses. Nesse ambiente, ela conhece o jovem guerreiro escocês Jamie Fraser e Jonathan Randall, antepassado de Frank e capitão inglês.”

De resto, sempre que me deparo com alguma coisa de Outlander, a minha impressão é que se trata de um romance Harlequin com mais consistência e glamour.  E vejam que, para mim, isso não é defeito, pode ser uma grande qualidade.  E, bem lembrado, conheci a série em um grupo do Orkut, o Adoro Romances, que era sobre livros de banca, principalmente.  Este site brasileiro traz um resumo de cada um dos livros.


P.S.1: Enfim, peço desculpas pela tradução enviesada do que Hagio Moto e Chie Shinohara disseram.  Se alguém puder dar sugestão melhor de tradução, basta usar os comentários e eu credito.
P.S.2: Desculpem a lentidão do Shoujo Café, os rankings, por exemplo, estão todos atrasados. Só que não tenho como colocar as coisas em dia, a carga de trabalho foi aumentada e estou com uma gata doente.  Ela hoje começa a quimio.  É sofrimento e gastos que eu nem sei por quanto tempo poderão se prolongar.  De qualquer forma, obrigada por continuarem visitando o blog.

GOSTOU?

2 pessoas comentaram:

Acompanhei algumas notícias da série e me interessei, por conta do período histórico e da região onde se passa a história. A viagem no tempo, se bem usada, pode ser interessante.
Não li os livros ainda, então, só sei superficialmente sobre o que se trata, mas me interessei um pouco após o anúncio da série.

De fato essa série ,de livros, é harlequim mesmo, só que com uma qualidade bem melhor.Mas nao aguentei tanta enrolação =/, tem uns momentos que ficou confuso e doi meu juizo (se bem que esse tipo de coisa é constante em viagens de tempo).Espero que a serie de tv seja mais "direta", e não fique só enxendo linguiça, o que pra mim foi um erro nos livros.So vou voltar a ler quando a autora fibalizar!

Related Posts with Thumbnails