segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Rosa Vermelha: ainda não terminei de ler, mas já recomendo....


Graças à amiga Natania, descobri Rosa Vermelha, uma biografia em quadrinhos de Rosa Luxemburgo (1871-1919), a maior pensadora socialista de todos os tempos (*sem exageros*) e uma das grandes intelectuais da virada do século XIX para o século XX.  Luxemburgo era polonesa e judia, cresceu em uma família de condições econômicas difíceis, mas que valorizava a leitura.  Manca, cresceu pouco, teve que sair de seu pais, onde as mulheres não podiam continuar os estudos superiores, para cursar a universidade.  Doutorou-se em economia.  Foi morar na Alemanha, fez carreira como professora, política, pensadora.  Ousou criticar Lênin e Trotsky e os rumos da Revolução Russa, acusou o processo de anti-democrático, foi desprezada por eles.  Acusada de várias coisas, inclusive, histérica, afinal, era mulher.  Terminou se envolvendo em uma Revolução na Alemanha e foi morta.


houve filme sobre ela, dirigido por uma mulher, Margarethe von Trotta, em 1986, e, agora, chegou no Brasil a graphic novel da britânica Kate Evans.  Enfim, roteiro e arte da mesma pessoa, como acontece com a maioria dos mangás.  O texto ficou muito bom, também.  Eu estou bem empolgada.  Terminando a leitura, eu faço a resenha.  

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails