sábado, 6 de janeiro de 2018

Todas as Resenhas de 2017 – Parte 2: Filmes vistos em casa e Novelas


Ano passado, assisti poucos seriados e séries.  Não vi a segunda temporada de The Crown, não terminei The Handmaid’s Tale.  Vi até o episódio #7 e não fiz mais resenhas.  Trouxe para rever nas férias, espero terminar e resenhar.  The Handmaid’s Tale foi uma das melhores coisas que vi ano passado, além de terrivelmente assustadora, dada a situação que vivemos nos dias de hoje.  Preciso fazer minhas resenhas.  E de The Crown, também.  


Assisti, algo raro, um dorama japonês completo (*comecei outros três...*), Nigeru wa Haji da ga Yaku ni Tatsu, ou Nigehaji.  Os capítulos 1 e 2 estão na resenha junto com o primeiro volume do mangá.  Aliás, estou praticamente terminando o mangá, já que acompanho a edição americana, e não comentei nada.  De séries britânicas completas vi a homangem às irmãs Brontë e The Tenant of Wildfell Hall, que estava fazia séculos no meu HD.  Ambas valeram a pena, ainda que não as considere excepcionais.

Comentando To Walk Invisible, o especial de fim de ano da BBC sobre as irmãs Brontë   


Filmes na TV, assisti alguns. Aliás, se tivesse parado para resenhar os que assisti com Júlia (*Madgascar 1, 2, 3 + especial com Rei Julian, Zootopia, Sing, Angry Birs, A Era do Gelo 1-5 etc.*), esta seção estaria muito mais gordinha.  E tem a resenha de Anastasia, que comecei e parei.  Além da nunca terminada resenha de Canudos.  Bem, revi Possessão e Cadete Winslow no fim do ano.  As resenhas estão frescas.  Eu te Matarei, Querida foi das piores coisas que assisti.  Perda de tempo.  Já Moonlight, o vencedor do Oscar deste ano, baixei, porque não consegui horários decentes para ver no cinema.  As sessões eram noturnas e eu não posso largar Júlia, fora que odeio ir ao cinema à noite. Na verdade, odeio fazer qualquer coisa fora de casa à  noite.

Comentando Possessão (Possession, 2002)   
Comentando Cadete Winslow (The Winslow Boy, 1999)  
Comentando Eu Te Matarei, Querida (My Cousin Rachel, 2017) http://bit.ly/2EVpkkB 


E houve o texto que meu marido escreveu com esmero sobre o trailer de Alita. Ele é purista, ama o mangá, e ficou muito aborrecido com o que pode vir a ser o filme.



Agora, só acompanhei uma novela, quer dizer, estou acompanhando.  Então, textos sobre novela, houve quase nada.  Comentei por alto o figurino “estranho” de Novo Mundo. Um sobre o clichê da briga de mulheres na novela da Glória Perez, algo batidíssimo, mas que teve um ingrediente extra, pois uma das atrizes envolvidas cismou de falar de feminismo.  Até assisti uns dois capítulos de Apocalipse, mas aquilo não dá para comentar, perda de tempo, só se eu ganhasse para isso.  Aliás, deixei as novelas da Record quando estreou O Rico e o Lázaro.  Como gosto de novela, e valorizo um produto nacional de grande importância cultural e até educativo (*embora isso seja bem lamentável*) , fico triste que a emissora esteja metendo os pés pelas mãos.  Apocalipse é um projeto megalomaníaco  e que nasceu com cheiro de fiasco.  E, bem, estou acompanhando Tempo de Amar, a novela das seis da Globo.  Não é essa Brastemp toda, mas tem algumas tramas interessantes, fotografia e figurino bonitos, e eu estou querendo ver como os autores vão resolver o problemao que criaram, isto é, separar o suposto casal protagonista e arrumar para a mocinha um substituto que é muito melhor que o suposto amor eterno da moça... Este ano deve rolar mais textos de novela, porque teremos o tal mix Jane Austen no horário das seis.  Segue a lista dos textos:

Novelando Urgente: Novo Mundo e seu estranho figurino
Novelando: Comentando os TRINTA primeiros capítulos de Tempo de Amar
Novelando: Algumas Palavras sobre Tempo de Amar e como o Amor da Ficção é bem Irreal 
Novelando: 'As Pessoas confundem Feminismo com Femismo ou acham que nenhuma Mulher pode rebater a outra': Será que é isso mesmo?
Novelando: 30 Anos de o Direito de Amar 

GOSTOU?

4 pessoas comentaram:

Tu vai assistir o Golden Globe 2018 amanhã?

sei que isso não tem nada a ver, mas acho que Três Anúncios Para um Crime é um filme que lhe agradaria bastante, então assista se puder. é somente uma dica

Lady Bird é outro filme totalmente incrível! Primeiro vem Três Anúncios para um Crime e depois Lady Bird como favoritos para a temporada de premiações e o Oscar. eu com certeza recomendo os dois para a senhora

Related Posts with Thumbnails