quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

O gaiden de Anatolia Story é sobre Zananza, ou será uma republicação?


Como parte das comemorações dos 50 anos da revista Sho-Comi, chegou a vez do gaiden de Sora wa Akai Kawa no Hotori  ~Anatolia Story~ (天は赤い河のほとり), premiada série de Chie Shinohara que foi publicada entre 1995 e 2002.    Lembram que eu fiz um post sobre as comemorações?  Então, quando vi a imagem do Zananza, eu vibrei.  "Legal!  Ele era uma das minhas personagens favoritas!".  Agora, olhando a notícia no Comic Natalie, estou na dúvida se é algo novo, as primeiras páginas do capítulo são idênticas ao original, ou se a autora simplesmente liberou a republicação de um capítulo que foi um dos mais tristes da série.  Deixa eu explicar.

A versão do Takarazuka estréia em março.
Anatolia Story é um shoujo mangá histórico que conta as aventuras e desventuras de uma adolescente chamada Yuuri, que é levada para a Anatólia (*parte da atual Turquia*), XIV séculos a.C., durante o Império Hitita.  A rainha dos hititas, Nakia, fez um feitiço e levou a menina para servir de sacrifício.  Ela se salva graças à intervenção do príncipe Kail, que depois acaba se tornando o herdeiro do trono.  Yuuri termina sendo identificada como o avatar da deusa guerreira Ishtar.  Enfim, ela fica super poderosa, mas sua vida não é nada tranqüila.  Kail se apaixona pela menina, mas Zananza, um de seus irmãos mais novos, também.  
Esta ilustração não é nova.  Está, inclusive, no
artbook da série.  Eu tenho aqui em casa.
Fiel ao irmão e filho de uma concubina de condição inferior, Zananza sublima seu amor e aceita ser enviado ao Egito para se casar com a viúva de Tutancâmon, Ankhesenamon.  A rainha tinha enviado uma carta desesperada para Supiliuma, rei dos Hititas e inimigo do Egito, pedindo que ele lhe enviasse um dos seus filhos, porque ela não queria casar com um dos seus súditos e tinha medo.  Se a parte sobre Yuuri, que acompanha Zananza na viagem, é ficção, a história do casamento e da ida do príncipe para o Egito é verídica.  Só que Zananza nunca chegou às terras inimigas.   

Isso aqui é do booklet.
Eu chorei lendo o capítulo da morte de Zananza e lembro de uma fanfic que contava  a  história desta fatídica viagem sob a perspectiva dele.  Fiquei meio decepcionada com essa suspeita de que se trata de uma republicação e nada mais.  De qualquer forma, o novo capítulo se chama Sora wa Akai Kawa no Hotori   ~Shokan~ (天は赤い河のほとり~書簡~).  "Shokan" quer dizer carta. Enfim, mas a edição ainda traz um booklet de Anatolia Story com mensagens de outros mangá-kas e de fãs, ilustrações, informações sobre a versão do teatro Takarazuka para a história de Shihohara e outras coisas que fariam a alegria de uma fã como eu.  Entrou na minha lista de comprar possíveis.

GOSTOU?

1 pessoas comentaram:

Pelo que entendi, é uma história nova mesmo, que se liga aos acontecimentos do 5º volume bunko, quando ele faz essa viagem para o Egito. No site da Sho-Comi está escrito que esse booklet terá 100 páginas, parece que com imagens do mangá original também, como amostra grátis de leitura para quem não conhece a história.

Related Posts with Thumbnails