quarta-feira, 14 de março de 2018

Rainha da Inglaterra fica indignada ao saber que recebe menos que o Príncipe Philip em The Crown


Segundo o site Vanitiy Fair, até a própria rainha da Inglaterra ficou furiosa (*eles usam "angry"*), ao saber que Claire Foy, a PROTAGONISTA, recebe um salário menor que o de Matt Smith (*de quem eu gosto muito, aliás*) em The Crown.  Segundo a notícia, a explicação foi que Smith tinha uma carreira mais sólida, havia sido o Dr. Who, e, por isso, MERECIA um salário maior que o da PROTAGONISTA.  Coloquei em destaque, porque isso é muito mais comum do que a gente fica sabendo e, bem, se a atriz que faz a personagem principal da série pode receber menos que o coadjuvante homem, tente imaginar - se vocês não acompanham as notícias do mundo do trabalho - o que acontece com pessoas comuns.  Daí, filmes como A Batalha dos Sexos terem sido preteridos nas indicações ao Oscar em favor de coisas como Dunkirk e Lady Bird só revoltantes.  


Espero que a Netflix reveja sua política, mas duvido que o faça.  E mais, a coisa só vai mudar quando os atores homens começarem a rejeitar esse tipo de arranjo, mas duvido muito que a maioria o faça.  Aliás, dia desses a Susan Sarandon revelou que Paul Newman dividiu com ela o seu cachê para compensar a injustiça da diferença entre seus salários quando estrelaram um filme.  E isso mais de vinte anos atrás.  Quantos fariam isso?  Falando em The Crown, preciso ver a segunda temporada.  Estou devendo.  Se você procurar, vai achar minhas resenhas da primeira temporada no Shoujo Café.

GOSTOU?

1 pessoas comentaram:

Dias atrás li que Ellen Pompeo durante 11 temporadas recebia menos do que Patrick Dempsey, seu par em Greys Anatomy. Fiquei surpreso porque a atriz além de protagonista, tem em seu personagem o próprio nome da série. Na entrevista ela conta que recebia ameaças do tipo, "temos o Patrick, não precisamos de você" e mesmo sendo a estrela do show, parecia ser suficiente para que ela se sujeitasse. A coisa fica pior quando a gente pensa que a criadora da série é uma mulher. Mas parece que depois de 11 temporadas descobriram que Ellen era a capitã do time, que sem ela a série simplesmente não existe e agora ela finalmente está se beneficiando de ter sua imagem tão impregnada na história e na identidade da série. Pelo visto Shonda e os produtores aprenderam algo, mas duvido que em se tratando dos coadjuvantes a coisa seja justa para as atrizes em relação à salario comparado com o de atores...

Related Posts with Thumbnails