sexta-feira, 22 de junho de 2018

Shueisha se desculpa por piada do autor de One Piece sobre “lenda” da 2ª Guerra


A notícia está em vários sites, mas eu vi no Sora News, que pegou do ANN e acrescentou comentários e outros detalhes.  Enfim, Eichiro Oda, autor de One Piece (ワンピース), o maior fenômeno de vendas dos quadrinhos japoneses de todos os tempos, fez uma piada com uma lenda da 2ª Guerra.  Usei “lenda”, porque não cabe tratar a personagem como herói e, ao que parece, os japoneses tem sentimentos contraditórios em relação a ele.  Vamos lá!

Eichiro Oda costuma escrever, como tantos mangá-kas, um freetalk (*aqueles textos que reforçam a familiaridade com os leitores*) nos volumes de seus mangás.  Ele coloca no começo, outros mangá-kas distribuem ao longo do volume, há os que coloquem no fim.  No do volume #89, ele fez uma piada com karaage, frango frito a moda japonesa.  

Traduzido, ficou mais ou menos o seguinte:
"Você sabe como às vezes, quando você está compartilhando um prato de karaage [frango frito] com as pessoas, há aquela última peça que fica no prato? Eu decidi dar um nome: Sargento Yokoi.  Então, eu estou tipo, "sargento Yokoi ainda está no campo [de batalha]! Alguém acabe com a guerra!  Crianças que não sabem de quem eu estou falando, olhem para ele.  É com muito embaraço que eu início o Volume 89! ”
Oda sabe que seu público principal é muito jovem, deve saber, também, que o ensino de história da 2ª Guerra é tópico deficiente nos currículos japoneses (*é mesmo, já falamos disso*), daí, imaginou que ninguém fosse realmente entender ou se importar com a piada.  Mas quem foi o tal Sargento Yokoi?  Quando os americanos tomaram Guam dos japoneses em 1944, Shouichi Yokoi não foi capturado e se embrenhou na floresta.  Ele ficou vivendo na ilha e evitando contato com qualquer um até o ano de 1972, quando pescadores de camarão locais o “capturaram” (*ele resistiu, claro*) e ele foi enviado para o Japão.  A 2ª Guerra havia terminado em 1945! E pasmem, houve soldados japoneses perdidos localizados depois, mais três, para ser precisa.


O jovem Shouichi Yokoi.
Ao voltar ao Japão, Yokoi, com 57 anos, disse que “É com muito embaraço que eu retorno.”.  Levando-se em conta que o Japão tem uma cultura baseada em honra e vergonha, não me espanta.  Muitos kamikaze sobreviventes sentiram-se assim, ou foram enjeitados por suas famílias.  A primeira vez que ouvi falar de kamikaze foi em um anime, O Pirata do Espaço (グロイザーX, Groizer X), eu era criança, e uma personagem, um piloto que não morrera na 2ª Guerra, carrega a vergonha, que é lavada, claro, ao se sacrificar pelo Japão invadido por alienígenas.  Enfim, esta é a frase que Eichiro Oda usou para começar o volume #89.

Segundo o SN, Yokoi é visto como herói por alguns, há um museu memorial sobre ele em sua cidade natal, já por outros como uma lembrança incomoda de um passado beligerante.  O sargento morreu aos 82 anos em 1997.  O fato é que a Shueisha achou que a piada poderia ferir sentimentos e emitiu uma nota oficial no site da editora: 
“Na seção de comentários do autor de One Piece Volume #89, que foi colocado à venda em 4 de junho, havia uma mensagem desastrada. Os editores, juntamente com o autor, lamentam nossas ações. No futuro, vamos tomar mais cuidado nesses assuntos.”
O SN diz não ter certeza de que os volumes serão recolhidos e haverá alguma reimpressão com nova mensagem.  Eu realmente não acredito, mas posso estar pensando como alguém que está afastada demais da discussão.  De qualquer forma, a reação da Shueisha mostra o nível do constrangimento.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails