segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Mangá de ficção científica sobre rapaz que precisa se tornar uma mulher para cumprir uma missão tem seu primeiro volume lançado no Japão


Owari no Kuni no Towa  (終わりの国のトワ) ou Towa from the land named End é um mangá seinen publicado na revista MangaHack.  A autora, Yanagisawa Yukio, construiu sua carreira produzindo mangás BL.  quando vi a notícia no Comic Natalie, achei que valeria a pena comentar, mas fiquei na duvida sobre os poucos detalhes que tínhamos no post do CN.  Pedi ajuda ao Luiz, que traduziu a conversa entre Hagio Moto e Riyoko Ikeda (*1-2*), e ele me iluminou sobre alguns pontos.




Segundo descobrimos, Luiz e eu, a história se passa no futuro, depois de uma daquelas grandes desgraças que costumam acontecer na ficção (*e na realidade, como menos frequência*).  O mundo foi devastado e está se reconstruindo, mas perdeu-se a capacidade de ler e escrever, completa ou parcialmente, de textos antigos.  Todas as mulheres desapareceram e restaram os homens.  Nenhum detalhe nos resumos de como tal aconteceu, ou como esse povo se reproduz.  Seria a última geração da humanidade?  Enfim, o protagonista é filho da última mulher, ou assim parece.  Ele promete para a mãe que irá buscar todas as formas de se tornar uma mulher e ter um filho com seu irmão (????).  Está escrito isso aqui no obi (*a cinta de papel que envolve o mangá*):  "Eu vou me tornar uma mulher e dar à luz o filho do meu irmão (mais velho)".  Em outra parte se lê que o protagonista irá enfrentar a verdade estabelecida em seu mundo para transcender seu sexo.



O Luiz até descreveu uma parte: "Tem uma cena dele em uma biblioteca perguntando sobre a existência de mulheres e os homens com quem ele conversa dizem que assim como os dragões e demônios, as mulheres só existem nas lendas e folclores. Que os vestígios delas só restaram nas palavras."  E aparece a mãe dizendo para o irmão mais velho que ele tem que proteger o mais novo e que o mais novo deve prosseguir na sua missão.


A gente perdeu um tempão debatendo se irmão seria irmão mesmo, enfim, eu fiquei curiosa com esse rolo todo.  De qualquer forma, lembrou um pouco Marginal, da Hagio Moto.  Esses futuros distópicos sem mulheres, ou com mulheres escassas, ou caminhando para a esterilidade... De repente, alguém começa a fazer scanlations, o Luiz, que está no Japão, disse que talvez compre o volume.  De repente, ele resenha para a gente.


A série de Yanagisawa, está recebendo uma grande atenção tanto da editora, Tokuma Shoten, quanto das lojas conveniadas.  Vai ter sorteio de ilustrações exclusivas para quem se inscrever no Twitter da revista, brindes para quem comprar  em certas lojas e o volume #1 traz 25 páginas adicionais, além dos cinco capítulos pré-publicados.  enfim, estão apostando no sucesso.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails