segunda-feira, 15 de outubro de 2018

E saiu o último volume da revista YOU e o destino de suas séries


Apareceu no Twitter a última capa da mais antiga revista josei em publicação, a YOU.  O anúncio do fim veio ainda no primeiro semestre e foram esticando as datas até que, mês passado, confirmaram que seria em outubro.  Uma pena!  Ainda esperava uma reversão nessa história, mas 2018 é um ano de pequenas e grandes tragédias, ao que parece.

A revista YOU saiu ininterruptamente desde 1980.  Outros filhotes seus, como a Young YOU, já tinham se despedido fazia tempo, mas, ao que parece, sua versão mais discreta, a Office YOU, continuará em publicação.  A derradeira capa veio com a despedida das autoras da revista, e uma capa cheia de agradecimentos.


Passando pelo ANN, ainda bem que olhei antes, havia o destino das séries da revista.  Séries já encerradas: Dame na Watashi ni Koishite Kudasai R (ダメな私に恋してくださいR) de Aya Nakahara, terminou no penúltimo volume da YOU.  Volume #6, o derradeiro, sai no dia 22 de novembro; Tono Hime Ouji (殿・姫・王子)  de Masayo Miyagawa, também terminou e o volume #6, sai em 22 de novembro; Bishoujo Senshi datta Hitozero  (美少女戦士だった人。zero) de Masako Shitara fechou no volume #2, que sai em 25 de dezembro.   

As séries a seguir vão se mudar para a revista Cocohana a partir da edição de janeiro, que sai 28 de novembro: La Reine Margot (王妃マルゴ) de Hagio Moto; Boku no Orion  (僕のオリオン) de Shiki Kawabata;  Tora-san (トラさん) de Mina Itaba.

Hagio Moto segue com seu
mangá para a Cocohana.
Algumas séries irão para a The Margaret, que é uma edição especial da revista original, que sairá em 22 de dezembro, ou seja, vão virar shoujo:  Utautai no Kurousagi (歌うたいの黒うさぎ) de Mayumi Ishii; Moichido Anata ni (もいちどあなたに) de Satoru Hiura;  Manmaru Potager  - Le potager ronde (まんまるポタジェ) de Haruka Aizawa. Ainda há as séries que seguem para a revista Cookie, ou seja, uma revista shoujo, também, ainda que limítrofe: Osomatsu-san (おそ松さん) de Masako Shitara (estreia em 26 de novembro); Hi ni Nagarete Hashi ni Iku (日に流れて橋に行く) de Shoko Hidaka (estreia em 26 de janeiro).  

Hi ni Nagarete Hashi ni Iku vai para a Cookie.
As demais series, e eu não imaginava que fossem tantas, passaram a ser publicadas no aplicativo Manga Mee, voltado para mulheres adultas: Ran to Aoi (蘭と葵) de Rinko Ueda  (recomeça no início de dezembro); Haru wa na Nomi no (はるはなのみの) de Hideki Kawai (capítulo 1 em dezembro).  Já Gunjou ni Siren (群青にサイレン) de Mikan Momokuri vai para o aplicativo Shonen Jump+ no final de novembro.  

A nota dos editores.
Segundo o ANN, e isso deve estar na mensagem de despedida, a Kodansha explicou que o motivo do cancelamento é a queda das vendagens da antologia em virtude de mudanças nos padrões de consumo das leitoras que preferem, em nossos dias, ler direto em aplicativos de celular, ou comprar os volumes encadernados.  Já discutimos isso antes, o mercado no Japão está mudando, isso nada tem a ver com pessoas deixando de ler mangá, mas com a forma como preferem ler.  As editoras estão se mexendo para contemplar novas demandas e eu espero que tudo dê certo.  Percebam que até os aplicativos estão ganhando marcas de demografia, então, ninguém venha de bobagens com crise do shoujo, ou do josei, basta prestar atenção para ver que a questão não é essa.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails