terça-feira, 30 de outubro de 2018

Sayonara no Asa ni Yakusoku no Hana o Kazarou, um dos possíveis concorrentes ao Oscar de animação, ganha mangá


Sayonara no Asa ni Yakusoku no Hana o Kazarou (さよならの朝に約束の花をかざろう), ou Maquia: When the Promised Flower Blooms é um dos pré-selecionados para o Oscar 2019.  Dirigido por Mari Okada, acredito que o filme seja um dos favoritos japoneses e chegar à seleção final.  Será que vai?  O resumo – que eu fiz com retalhos daqui e dali – é o seguinte:
Maquia é uma garota tímida de 15 anos do clã dos Separados, chamados de Iolph, um antigo enclave de místicas pessoas de cabelos louros que tecem Hibiol, um tecido fino e translúcido que marca a passagem do tempo e contém mensagens apenas de outros Iolph. podem ler. Eles também são abençoados/amaldiçoados com extrema longevidade, e Maquia, aos 15 anos, é tão velha quanto jamais irá parecer. Solitária, apesar de sua amizade com a bela e aventureira Leilia, Maquia é advertida pelo Ancião tribal de que ficará mais sozinha ainda se se apaixonar por alguém de fora, já que estará destinada a sobreviver ao seu parceiro. Mas a vila de Maquia é atacada e ela se vê separada de sua amiga e do homem por quem é apaixonada.  Sozinha, ela encontra um menino órfão e apesar de ser uma criança para os padrões de seu povo, decide adotá-lo, mesmo sabendo que ele irá crescer, envelhecer e morrer, enquanto ela continuará imune ao tempo. 
Eu gostei do resumo, mas sou suspeita, gosto de histórias de vampiros e de "imortais".  algo rarto, aliás, é esses imortais se sentirem felizes com sua longevidade.  Parece, pelas resenhas que li por aí, que uma das sacadas do filme é que Maquia não se sente triste por sua condição, ela simplesmente compreende que é sua natureza.  Será que é isso mesmo?


Outra coisa, eu achei o visual bonito mesmo.  Delicado.  Pode ser que o filme em si seja decepcionante, mas o visual é muito agradável.  A diretora vem credenciada por Ano Hi Mita Hana no Namae o Bokutachi wa Mada Shiranai(あの日見た花の名前を僕達はまだ知らない。), série muito elogiada.  Eu larguei, porque já no primeiro episódio aquilo me deu uma crise de choro que durou minutos.  Eu já escrevi que gosto de séries, animes, filmes que me façam chorar, mas já no PRIMEIRO CAPÍTULO????  Mas o currículo dela, como diretora e roteirista é imenso.


Enfim, o Comic Natalie trouxe uma matéria sobre o mangá de Maquia, que é publicado em uma revista on line.  Uma amostra de 32 páginas está aqui.


O traço do mangá é muito bonito e a arte é de Satou Mito, já o roteiro é do estúdio, imagino, porque está escrito Iorph Mangá (Iorph 漫画).  Não entendi realmente e não sei qual a demografia da revista, depois, a gente descobre.  Voltando ao anime, o site oficial em inglês é este aqui, para o site em japonês, clique aqui.  Abaixo, está o trailer.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails