domingo, 2 de junho de 2019

Primeiras imagens da edição norte-americana de Poe no Ichizoku


Dia 4 de junho será lançado nos EUA o primeiro volume de Poe no Ichizoku ( (ポーの一族), ou The Poe Clan, de Hagio Moto.  Trata-se de uma das obras mais importantes de Hagio Moto e a Fantagraphics é luxuosa, como de costume.  A tradução ficou a cargo de Rachel Matt Thorn, antropóloga especializada em shoujo mangá e que já trouxe para língua inglesa vários trabalhos de Hagio Moto.



Enfim, para quem não conhece o básico da história do mangá que foi publicado entre 1972 e 1976 na revista Betsucomi, contra a história de Edgar e sua irmã Marybell, membros da nobreza, mas perseguidos pela madrasta que os abandona no meio de uma floresta para que morram de fome.  Resgatados por uma misteriosa mulher chamada Hannah, Edgar, um garoto de 11 anos, é apresentado ao segredo do Clã Poe, eles são vampiros.  Hannah obriga Edgar a prometer que se tornará um dos membros do clã quando chegar à idade adulta.  Já sua irmã é adotada, a pedido de Edgar, por uma família humana de nobres.


No entanto, quando Edgar tem 14 anos, os moradores da vila descobrem o segredo da família poe e matam Hannah, precipitando a transformação de Edgar em um vampiro.  Ele será para sempre um adolescente. Esse é somente o começo da jornada de Edgar, que reencontrará sua família de sangue, que o abandonou, além de sua irmã; fará amigos e inimigos.  A série virou novela de rádio, drama CD, dorama e peça de teatro.  Em 2016, Hagio Moto voltou a publicar histórias de Edgar e continua lançando capítulos especiais na revista Flowers.



Enfim, Hagio Moto precisa ser lançada em nosso país.  Já escrevi isso várias vezes.  E, caso ela venha, eu começaria com Juuichinin Iru! (11人いる! ), ou They Were Eleven, uma história de ficção científica e que tem um único volume. Ah, sim!  As imagens vieram do Twitter.  Algumas jornalistas especializadas que eu sigo, receberam o volume com antecedência e estavam comentando sobre o cuidado da edição.  Eu pretendo comprar.  A série está disponível no Amazon para encomenda.

GOSTOU?

8 pessoas comentaram:

Putz! Que complicado. Sai por 152 reais pela Amazon. Está até mais caro que as edições de Emma da Yen Press, que eu ainda não consegui verba para comprar.

por falar em Hagio.....
https://www.otakupt.com/manga/moto-hagio-e-keiji-nakazawa-sao-nomeados-para-o-hall-da-fama-da-eisner-award/


Curioso que Hagio abordou o tema vampiros antes da escritora Anne Rice.

Fico imaginando a mangaká desenhando os personagens da escritora...
Imagino que ficariam incríveis.

Anne Rice não inventou os vampiros, então, nada de estranho nisso. Realmente, não faz sentido essa observação.

Disse que Rice abordou.... não inventou....
Citarei 1 escritor pouco famoso que influenciou Bram Stoker e Anne Rice.
Sheridan Le Fanu... escritor irlandês. Autor de "Carmilla" https://pt.wikipedia.org/wiki/Carmilla
Carmilla ganhou adaptação em filme através dos Estúdios Hammer em 1970.
https://pt.wikipedia.org/wiki/The_Vampire_Lovers

Você achou "curioso" que uma mangá-ka culta, versátil tenha falado de vampiros antes da Anne Rice , autora que você parece admirar muito. Hagio Moto e Keiko Takemiya inventaram o BL tomando como ponto de partida um filme francês do início dos anos 1960, só para você ter ideia. Essas mulheres não viviam em bolhas, elas provavelmente conheciam Camille, porque quem se interessa por vampiros conhece a obra, nem que seja de ouvir falar. E, menino, os filmes do Estúdios Hammer eram famosos no mundo inteiro.

Não disse que elas viviam em bolhas. A temática "vampiros" foi mais abordada em si por autores(as) ocidentais. Claro que há autores(as) não-ocidentais. Que me surpreendeu foi o ano que Poe Clan foi criado... 1972... já o livro de Rice..."Entrevista com o vampiro" foi finalizado em 1973 e chegou nas livrarias em 1976. Apenas a data de lançamento me surpreendeu. nada mais.
De fato os filmes da Hammer eram famosos.

"A temática "vampiros" foi mais abordada em si por autores(as) ocidentais."

Quais dados você tem para afirmar isso? Eu poso dizer que lemos mais ocidentais, porque material produzido na Europa e EUA chegam para a gente, são traduzidos por estarem mais próximos de nós. Os mitos de vampiro são quase universais, as histórias existem em várias línguas.

isso é verdade... Esqueci que são mitos globais.

mas geralmente as histórias mais conhecidas de vampiros são as "vitorianas"....
ex: "Carmilla", "Drácula", "Entrevista com o vampiro"....

Aliás ... o mangá "Poe Clan" é "vitoriano".

Related Posts with Thumbnails