sábado, 1 de fevereiro de 2020

Japonês escreve um guia sobre como reconhecer e capturar assediadores de mulheres nos trens japoneses

O Sora News publicou uma matéria interessante sobre um guia publicado no Twitter por um usuário chamado @keizi666 dando um passo-à-passo para quem quiser parar um chikan (痴漢, チカン, ou ちかん).  Não sabe o que é isso?  “Chikan” é o termo usado tanto para o molestador, quanto para o ato em si.  Há toda uma produção de mangás, animes e games hentai (*pornográficos*) centrados na prática.  Os chikan também tem fóruns virtuais e trocam informações.  Já falei deles antes recomendo dois posts: Quais são as vítimas “mais fáceis”?  Mulheres poderosas afastam molestadoresGrupo de homens planeja ataque à meninas em trens e metrôs nos dias do vestibular japonês.

O SN traduziu para o inglês direto dos tweets em japonês e eu estou traduzindo da tradução, o que é sempre muito ruim. Ele está se dirigindo aos homens interessados em ajudar, ainda que mulheres possam seguir os itens, acredito. Acredito que podem ser aplicadas em nosso país, também, em linhas gerais, afinal, há assediadores em trens, metrôs e ônibus brasileiros.  Enfim, segue os pontos:
● Tire uma foto ou os grave secretamente na cena do crime.
● Certifique-se de capturar o rosto do sujeito na foto ou no vídeo.
● Certifique-se de ter vários homens ao lado para ajudar a proteger o culpado.
● Segure o culpado pelo cinto e prenda os dois braços dele por trás.
● Pegue seu smartphone e não devolva a ele.
● Como um caso não pode ser apresentado sem a vítima, peça à vítima para ficar com você. Será bom que uma mulher possa ajudar a cuidar e acompanhar vítima.
● Ligue para a delegacia e peça à polícia para comparecer ao local do assédio. [*No Brasil, acredito que o contato seria com a segurança da estação, em caso dos trens e metrô.*]
● Certifique-se de entregar o sujeito à polícia para evitar que voltem a agir novamente. 
● Repreenda o assediador de forma firme e usando uma voz alta. Ouça o que ele tem a dizer.
● Ignore desculpas do culpado. [*Ouça, mas ignore!* 🤣]
● Não pense no inconveniente de chegar atrasado à escola ou ao trabalho por enquanto.
● Segure firmemente o infrator, levando em consideração que ele pode escapar nos trilhos da ferrovia.
● Dê um tapinha na parte externa dos bolsos do sujeito para verificar a presença de armas.


Como acredito que um assediador não espere ser capturado, ele não vai ter uma reação imediata.  Normalmente, quando há reação é da vítima.  Houve um caso recente no Pará no qual a mulher embolachou o tarado dentro do ônibus.  Ele não esperava.  Outras mulheres a apoiaram, a maioria dos homens, ficou olhando de longe.  Infelizmente, a maioria das pessoas, não estou nem me excluindo disso, tende a pensar que nada tem com o problema, é triste, mas é assim.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails