domingo, 24 de maio de 2020

Reunião Ministerial e a Defesa Descarada do Turismo Sexual


Ontem me dei ao trabalho de assistir a reunião ministerial, o proibidão que foi liberado, sem as partes da China e do Paraguai, pelo ministro Celso de Mello.  "Ah, o que tem isso a ver com o Shoujo Café?".  Leia a descrição do blog, ele é pessoal, feito por uma feminista e trata de questões relacionadas às mulheres.  O post é político demais para você?  Haverá outros do seu agrado (*ou, não, vai saber?*), basta pular. Estava particularmente atenta para ver as falas de Damares no meio do lodaçal, não que ela seja a única pessoa que se afirma cristã ali, mas ele toma para si a coisa como estandarte e é a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.


O momento.
Damares tem uma fala longa lá no meio da reunião de quase duas horas.  o destaque nos grandes jornais foi o fato dela falar em prisão de governadores e prefeitos, mas havia uma série de sandices, mentiras e coisas que a gente já conhece bem.  Até avisou Teich, o ministro da Saúde cuja expressão facial durante a fala de Ricardo Salles é o melhor retrato do "caiu a ficha" e "melhor cair fora daqui" que eu já vi na vida, que o ministério dele estava cheio de feministas que só pensavam em aborto e iriam, claro, querer usar o coronavírus para defender essa bandeira.  São as obsessões da ministra, vocês sabem.  Enfim, já no final, cheguei na parte em que o Guedes fala em pagar 200, 300 reais para explorar a mão-de-obra e doutrinar meninos nos quartéis. Em seguida, ele começa a defender os cassinos, mas não é somente isso.  Dei-me ao trabalho de cortar o vídeo, ele está aí embaixo:

A fala dele é clara, não serão somente cassinos, ele quer promover turismo sexual: "Aquilo não atrapalha ninguém. Deixa cada um se foder. Ô Damares. Damares. Damares. Deixa cada um. Damares. Damares. O presidente, o presidente fala em liberdade. Deixa cada um se foder do jeito que quiser. Principalmente se o cara é maior, vacinado e bilionário. Deixa o cara se foder, pô!” O que estão omitindo nas matérias é que ele continua e diz "lá não vai entrar brasileirinho, não." E a homaiada do governo pró-família, pró-valores tradicionais toda gargalha alto e cochicha depois da fala do Guedes.  Na sala de mulheres que eu tenha visto havia somente Damares, Teresa Cristina (Agricultura), que estava de máscara (*com a sala lotada...*) e uma assessora (*acredito*) que estava sentada em um banco atrás.

E Damares diz que aceita, desde que fique certo de que não haverá lavagem de dinheiro. O projeto é prostituir as brasileiras e segregar, porque brasileirinho, adito assim nesse tom de desprezo e complacência, não vai entrar. Alguns, claro, entrarão, mas seria tipo Cuba antes da Revolução com cassinos e resorts só para gente muito especial.  Nada foi falado, mas, normalmente, o pacote jogo-prostituição envolve drogas, também, mas, enfim, se for tudo discreto e se o cara é maior, vaciando e, principalmente, bilionário, deve estar de boa.  Cabe inclusive lembrar de uma frase do ano passado, que eu comentei em um post: "O Brasil não pode ser um país do mundo gay, de turismo gay. Temos famílias. Quem quiser vir aqui fazer sexo com uma mulher, fique à vontade. Agora, não pode ficar conhecido como paraíso do mundo gay aqui dentro" 


O Brasil já está na rota do turismo
sexual infantil faz muito tempo.
Eu não espero nada desse pessoal, mas gostaria muito que os cristãos que me lêem reflitam se é possível continuar sendo complacente com esse tipo de coisa. Que a ministra que berrou, lá na sua grande fala, "somos um governo que se preocupa com valores", mostre tal complacência com a exploração sexual de mulheres que ela, supostamente, deveria proteger. Será que o governo pró-valores, pró-vida, vai garantir o aborto para essas mulheres (*e talvez meninas*) prostituídas?  Afinal, não vamos aborrecer os clientes que não são brasileirinhos quaisquer, mas gente muito fina e que precisa de segurança para gastar seu dinheiro aqui com essas bobagens, não é mesmo? Será que essas mulheres serão acolhidas em algum casa especialmente criadas para esse fim? De repente, teremos um belo projeto social nesse sentido.  Talvez, já esteja até em planejamento.  

Quanto à pergunta do início do parágrafo anterior, sim, a maioria dos ditos cristãos continuará em silêncio. Eu sou do meio, eu tenho parentes que não vão sequer atentar para esses "detalhes", mas se tiver um casalzinho LGBTQ+ em uma novela, ah... Aliás, esta parte da reunião nem chamou tanta atenção da mídia e nem do pessoal de esquerda (*e eu estou nesse meio, também*) que comentou a reunião.  Afinal, quem se importa com as mulheres?  Desde que não seja para falar de aborto, está liberado.  Fora que há a galera que defende que a exploração da prostituição (*cafetinagem, agenciamento*) deveria ser descriminalizada e que a atividade não está diretamente ligado à perpetuação do patriarcado e à violência contra as mulheres e meninas.  Eu estou nauseada, mas, enfim, eu já estava antes, não faz diferença alguma.



P.S.: Acabei de ler um falso inocente dizendo que o "se foder" era metáfora para perder no jogo, que nada tem a ver com prostituição. Está bom, a gente acredita...  Fora que existe a fala de Bolsonaro do ano passado e as risadinhas que deveriam ser pensando nas formas de "se foder" com uma roleta, ou máquina de caça níqueis. 💗

GOSTOU?

4 pessoas comentaram:

Meu coração dói ao ler esse texto. Me sinto extremamente impotente e revoltada ao mesmo tempo. Obrigada por compartilhar Valéria!

Pior que esse desgoverno... são os puxa-sacos e youtubers pagos.... dele....

O Governo brasileiro sempre passou pano para a prostituição infantil. Nunca combateu de fato, sempre se soube o que acontece, onde acontece, com quem acontece. Nunca houve ações realmente efetivas contra essa exploração, apenas ações isoladas aqui ou ali.
Mas acho que finalmente temos um governo que descaradamente apoia esse absurdo, e nem faz força para esconder. Pior, dá risada.

Já já os bolsominions nos acusaram de calúnia, difamação... de sermos petistas, comunistas... "tá ok?"
Num país sério, essa quadrilha engravatada iria em cana.

Related Posts with Thumbnails