segunda-feira, 24 de agosto de 2020

Macoto Takahashi e a invenção do style-ga: Visitando os Primórdios do Shoujo Mangá

A querida Deirdre e o ProShoujo Spain estão postando desde ontem material de Macoto Takahashi no Twitter.  Já falei do ilustrador e mangá-ka antes no Shoujo Café, porque Takahashi foi um dos pais da estética do shoujo mangá.  Veja, Osamu Tezuka revolucionou a narrativa do mangá, trouxe elementos da narrativa cinematográfica para os quadrinhos japoneses, aliás, recomendo o vídeo do Meteoro Brasil sobre isso, porque a série feita em parceria com o Leo Kitsune está espetacular.  OK, voltando.  A Deirdre postou imagens de Arashi wo Koete (あらしをこえて), o primeiro mangá de Takahashi, publicado em 1958.

A maior inovação de Takahashi, além de trazer a estética das revistas ilustradas para meninas para o mangá, foi difundir o que se chama de style-ga, ou figure style.  O que é isso?  Vou colocar a definição dada pela Deirdre "Os style-ga são as figuras inteiras que podem ser encontradas nas laterais das páginas, pulando a ordem das vinhetas e que não precisam ser relacionadas à história.".  Eu falei sobre isso na minha live com o Peixoto no canal da Anime-EX.  Você coloca a figura em destaque para que as meninas possam observar as roupas da personagem, é um recurso que vem das revistas ilustradas e de moda.  Abaixo, um exemplo do figure style nos primórdios e no traço do Macoto Takahashi.

Havia concursos para que as meninas enviassem as personagens vestidas com outras roupas.  Sim, isso era comum nas revistas em quadrinhos ocidentais, também, o estímulo para que os leitores mandassem seus desenhos.  Só que no shoujo a figure style passa a ser uma marca da narrativa da demografia e que vai ganhar contornos dramáticos, românticos, a depender da história.

Esse uso mais refinado desse recurso vai ser amplamente explorado pelas artistas dos anos 1970.  O exemplo acima é de Kaze to Ki no Uta (風と木の詩) de Keiko Takemiya. 

Macoto Takahashi não faz mais mangá, mas ele está vivo e é um ilustrador espetacular.  Ele produz até hoje, mas é muito fácil encontrar ilustrações antigas dele na internet, seu traço é inconfundível.  Eu coloquei várias ilustrações da Branca de Neve dele aqui.  Eu nunca li nenhum dos mangás dele, mas a impressão que eu tenho é que ele dominava a estética, ajudou a criá-la, na verdade, mas a  sua narrativa visual não era a mais arrojadas em sua época.  Agora, em ilustração, ele é mestre.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails