quinta-feira, 8 de outubro de 2020

Mulheres no Japão finalmente poderão comprar a pílula do dia seguinte sem receita médica

O Japão foi o último país membro da ONU a legalizar a pílula anticoncepcional em 1999.  Sim, os homens velhos que controlavam e ainda controlam a política do país consideravam que a pílula estimularia a promiscuidade feminina, porque, bem, mesmo com os efeitos colaterais e as falhas possíveis, a pílula dá às mulheres o controle sobre a concepção.  Apesar das críticas internacionais, a pílula somente foi liberada quando aprovaram o Viagra e houve um grande barulho a respeito da dupla moral usada pelos legisladores.

Enfim, agora, em 2020, o Japão permitirá que as mulheres possam comprar a pílula do dia seguinte, um contraceptivo de emergência, sem a prescrição médica. O Sora News aponta que a notícia pode parecer ir contra os interesses governamentais de promover o crescimento demográfico, no entanto, ele se coaduna com a ideia de que o país precisa de mais bebês, mas eles precisam ser planejados.  De qualquer forma, é bom que as mulheres japonesas, ou quaisquer mulheres, tenham seus direitos reprodutivos respeitados.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails