quarta-feira, 11 de novembro de 2020

Série sobre o Brasil Império estreia no Amazon Prime

Ontem estreou na plataforma Amazon Prime a primeira temporada de uma série que pretende cobrir da chegada da família Real Portuguesa no Brasil, em 1808, até o final do Segundo Reinado.  Brasil Imperial foi produzida Fundação Cesgranrio, a primeira temporada tem dez capítulos, o primeiro tinha mais ou menos 40 minutos, o segundo, dez minutos menos, e é narrada, pelo menos nessa primeira fase, pelo jornalista e político Gonçalves Ledo (Ricardo Soares), maçon e republicano, além de uma das figuras que teve influência sobre D. Pedro (João Campany) logo que se tornou regente do Brasil.

Olhando a matéria sobre a série no Correio Braziliense, encontrei a seguinte frase "Apesar de ser uma ficção, Brasil imperial tem o objetivo de narrar os fatos como aconteceram, trazendo à tona, inclusive, situações que ficaram de fora de outras produções sobre o período.".  Achei engraçado, porque narrar "fatos" como aconteceram é algo impossível, afinal, há vários pontos de vista sobre um mesmo acontecimento, só para começo de conversa.  Fora isso, só no primeiro e segundo episódio, que foi o que eu assisti, já tivemos a inserção de várias personagens e situações absolutamente ficcionais.

Falando do pouco que vi, a primeira questão é que não vi ninguém que eu reconhecesse, salvo Luciano Zafir, que não é bem o tipo de ator que tenha grande relevância.  O elenco é desconhecido para mim, talvez seja gente de teatro.  Não vi grande problema neles.  A produção me parece econômica, não enche os olhos com figurino, nem tem cuidado, por exemplo, com os cabelos.  

No segundo capítulo, o da travessia do Atlântico, fala-se do surto de piolhos na nau onde estava a rainha Carlota Joaquina (Nara Monteiro) e o narrado fala que as mulheres tiveram que raspar a cabeça e os homens jogaram suas perucas ao mar.  Foi engraçado, porque NINGUÉM usa peruca em nenhuma cena até então.  Fora isso, os homens usam roupas escuras, não sei se é opção estética para se ajustar ao gosto contemporâneo da representação do passado, ou pobreza mesmo.

Piadinhas à parte, é uma produção importante, porque temos pouco material ficcional sobre a História do Brasil disponível no Brasil.  Espero que Brasil Imperial seja um bom entretenimento e desperte o interesse pelo estudo da História do Brasil.  A primeira temporada termina com a abdicação de Pedro I.

GOSTOU?

1 pessoas comentaram:

Eu sempre quis uma série sobre a história do Brasil, principalmente sobre o período do Império, mas essa série é ruim. Tem alguns pontos positivos com certeza, como não apelar pra comédia e deboche e não incluir um milhão de personagens fictícios tirando completamente o foco das personagens históricas que são extremamente interessantes por si só, mas para por aí.
O roteiro é ruim, a direção pior ainda e muitas vezes a falta de orçamento atrapalhou bastante.
O fato da maioria dos atores serem desconhecidos provavelmente vem do baixo orçamento, mas isso não é problema já que a maioria deles são talentosos (amei a Carlota Joaquina).

Related Posts with Thumbnails