terça-feira, 1 de dezembro de 2020

Akatsuki no Yona comemora as vendagens e seus 200 capítulos

A próxima capa da revista Hana to Yume traz Akatsuki no Yona ( 暁のヨナ) em destaque e duas comemorações, uma, a dos 200 capítulos da série, trata-se de uma marca expressiva e, até onde sei, Mizuho Kusanagi, não sinaliza que o mangá esteja terminando.  O outro são as vendagens, 10 milhões de cópias no total, juntando volumes físicos e digitais. O mangá começou em 2009 e tem, até o momento, 34 volumes.

Ontem, postei os rankings dos mais vendidos de 2020, se você pegar dois volumes de Kimetsu no Yaiba (鬼滅の刃) dão quase isso e em um ano.  Akatsuki no Yona é um mangá muito bem sucedido, mas não consegue se aproximar desses arrasa-quarteirões que estão em outra escala.  Não se enganem.  E em relação aos shoujo?  Fui atrás de algum dado mais recente de vendagens para Hana Yori Dango (花より男子), shoujo mais vendido de todos os tempos e que foi publicado entre 1992 e 2003 (*teve gaiden mais tarde*), fechando com 37 volumes.  Em 2015, Hanadan tinha vendido 61 milhões de cópias, como foi o ano em que estreou Hana Nochi Hare: HanaDan Next Season (花のち晴れ〜花男 Next Season〜), teve dorama, comemoração dos 25 anos da série, enfim, imagino que as cifras mudaram um pouquinho e não tinha dados digitais ainda.  Nana era um forte candidato a ultrapassar Hana Yori Dango, mas suas vendagens estagnaram com a interrupção do mangá em 2009.  Ainda assim, temos mais de 43 milhões de cópias de Nana vendidas até hoje.

Glass Mask (ガラスの仮面), o segundo shoujo melhor colocado entre os mangás mais vendidos de todos os tempos, tinha 50 milhões de cópias físicas vendidas até 2014.  Glass Mask é publicado desde 1976, com um grande hiato, mas veja o quanto demorou para chegar nisso aí.  Já Nodame Cantabile (のだめカンタービレ) foi um sucesso estrondoso e rápido conseguindo atrair públicos improváveis.  Com somente 23 volumes, sendo publicado entre 2001 e 2009, tinha 37 milhões de cópias físicas vendidas em 2015.  Só para se ter uma ideia, Nodame tem uma vendagem maior que a de Sailor Moon (美少女戦士セーラームーン), apesar dos dados defasados de ambos, bom lembrar.  Isso dá uma dimensão do quanto Nodame vendeu e rápido.

Percebam, então, que existem níveis de sucesso e vendagens.  E esses números estão bem desatualizados, por exemplo, as vendagens da Rosa de Versalhes (ベルサイユのばら), 10 volumes, é de 20 milhões de cópias e não achei atualizações desde 2012.  Podem ter certeza que houve algum aumento, mas comparem com o tempo que Rosa de Versalhes tem de publicação e Akatsuki no Yona.  Para quem quiser ver esses números, há uma lista na Wikipedia.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails