terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

Livro desvenda as origens do BL

Lá nos anos 1970, quando autoras como Takemiya Keiko e Hagio Moto introduziram mangás com romances entre garotos nas revistas shoujo, passando pelo mercado de doujinshi e a produção dos YAOI (yama nashi, ochi nashi, imi nashi/sem clímax, sem objetivo, sem significado), acredito que ninguém poderia sonhar com o que viria depois, isto é, o estabelecimento de todo um gênero, alguns diriam que é uma demografia própria com dezenas de antologias, games, produtos mil.  É até difícil tentar mapear esse universo todo.  OK, está sendo lançado no Japão um livro que se propõe a falar dos primórdios do BL a partir da primeira revista dedicada a esse tipo de shoujo mangá, a June (1978-2012).  Para quem se interessar, o livro se chama Watashitachi ga tokimeita bishōnen manga (私たちがトキめいた美少年漫画) e custa 1600 ienes (algo como U$15,20).  É o tipo de material que a gente só consegue aproveitar integralmente quando se sabe japonês.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails