quinta-feira, 16 de junho de 2022

Newpop surpreende e anuncia SEIS shoujos e UM Josei ao mesmo tempo! É muita coisa!

Hoje, enquanto eu estava na rua, a Newpop fez uma live do seu selo Sakura e anunciou as datas de seus próximos lançamentos e seus novos licenciamentos.  Esperava um, dois títulos no máximo.  A editora, no entanto, surpreendeu e jogou logo um monte de cartas na mesa, uma delas forte, as outras são bons títulos, mas não tão conhecidos.  Nenhum clássico, infelizmente, mas eles estão realmente investindo.  E quais são as novidades?

Tonari no Kaibutsu-kun (となりの怪物くん), também conhecido como My Little Monster, da mangá-ka Robico.  Com 12 volumes mais 1 gaiden, 13, portanto, a série foi publicada na revista Dessert entre 2008 e 2013.  Pode parecer um título antigo, mas é uma série muito popular e teve anime em 2012.  Trata-se de um licenciamento importante.  A série gira em torno da amizade, que vira outra coisa, entre duas criaturas muito diferentes, Shizuku Mizutani, uma garota que só pensa em estudar e conseguir ter um futuro brilhante e próspero, e Haru Yoshida, um garoto que vive faltando à escola e parece não ter muita noção de como se comportar em sociedade.  Um dia, Mizutani é escalada para levar os conteúdos e trabalhos escolares para o faltoso, os dois se conhecem e Haru termina grudando nela.  Há resenha do primeiro capítulo do anime, porque ainda que a série seja boa, a protagonista interessante, temos um ponto de partida um tanto complicado.  Há resenha do primeiro volume do mangá no blog, também.  

Ohayou, Ibarahime (おはよう、いばら姫), de Megumi Morino, é uma série com seis volumes publicada entre 2014 e 2017, também na revista Dessert.  O resumo da história é o seguinte: Apesar de ser muito medroso, o colegial Tetsu Misato acaba indo trabalhar na misteriosa propriedade na colina, onde Shizu - a única filha da família Karasawa - está escondida. No entanto, sua amizade com Shizu rapidamente se transforma em medo quando vários espíritos dos mortos aparecem diante dele usando a forma da garota. Quem seria a verdadeira Shizu?  Este é o mangá imediatamente anterior ao maior sucesso da autora, Hananoi-kun to Koi no Yamai (花野井くんと恋の病), que ainda está em andamento e eu queria muito ver por aqui.

Hana o Meshimase (花を召しませ), de Keiko Iwashita, é volume único e saiu na The Dessert em 2013.  Belissimamente desenhado, o resumo é o seguinte: Depois que a mãe de Shion faleceu, ela fica morando sozinha com o pai, que adora jogar e fugir de suas responsabilidades como pai. Devido a esse padrão contínuo, Shion acaba tendo que ir morar na floricultura onde trabalha, seu chefe, Shun Mamyuuda, de 25 anos, é severo com ela, mas lhe dá apoio e um suporte emocional que ela nunca recebeu.  Ela aprende a valorizar as flores e sua vida, mas acaba se apaixonando por Mamyuuda.

Coelacanth (シーラカンス), de Kayoko Shimotsuki, tem dois volumes e foi publicado em 2007-2008 na revista Betsufure.  É o mais antigo dos títulos e eu realmente não me lembro dele.  O resumo da história é o seguinte: Dez anos atrás, houve uma explosão no prédio onde Hisano morava. Ela estaria lá, mas foi atropelada por uma bicicleta pilotada por um menino com roupas manchadas de sangue. Ele deixou cair uma joia falsa quando isso aconteceu, e ela tem se agarrado a ela como um amuleto de boa sorte desde então. Agora Hisano está no ensino médio. Um de seus professores foi assassinado e a polícia está investigando. Um jovem aparece de repente carregando o brinquedo ao qual a gema pertencia. E talvez... Será que ele pode ver as alucinações com as quais Hisano sempre foi atormentado? Tudo está conectado à medida que o padrão sobe lentamente à superfície.  Pelo resumo, sabemos que a série é meio fora do padrão, pode até ter romance, mas ele não é central na história.

Mikansei Demo Koi ga ii (未完成でも恋がいい), de Yone Kurachi, com três volumes, foi publicado na revista Dessert  em 2018-2020.  O resumo da série é o seguinte: Ichika começou o colegial com muitas expectativas, mas não conseguiu fazer amigos porque é muito tímida para falar com os outros. Um dia no quintal da escola, Yuuya - um conhecido ex-delinquente, temido por todos os seus colegas - se aproxima dela, e por algum motivo a convida para ir a um karaokê com ele... Uma garota linda e tímida e um ex-delinquente, duas almas introvertidas e solitárias, fazem planos depois da escola para realizar seus sonhos: poder fazer amigos!  

Boku to Kimi no Taisetsu na Hanashi (僕と君の大切な話), outro mangá de Robico, publicado logo depois de Tonari no Kaibutsu-kun, entre 2015 e 2020 na Dessert.  A série recebeu o 44º prêmio Kodansha de melhor mangá shoujo em 2020.  O resumo é o seguinte: Nozomi Aizawa manteve seus sentimentos por seu colega de escola Azuma-kun em segredo por um bom tempo, mas chegou a hora de ela finalmente confessar. Em vez de ser um momento romântico, ela recebe uma resposta inesperada do garoto que evolui para um acalorado debate entre os dois. A partir desse ponto, Nozomi e Shirou continuam a se encontrar na estação de trem e muitas vezes acabam discutindo sobre suas opiniões sobre romance ou sexo oposto. Há tensão em seu relacionamento, mas à medida que eles continuam com essas conversas triviais, mas preciosas, a distância entre os dois adolescentes desajeitados gradualmente diminui.

Honnou Switch (ホンノウスイッチ), da mangá-ka Kujira.  Eu nunca imaginei ver algo dela no Brasil.  Realmente uma surpresa e é o único josei da lista, ou, talvez, possa ser enquadrado como TL (teen love) mesmo.  ❤️ A série tem 9 volumes ao todo e foi publicada entre 2018 e 2022 na revista Comic Tint.  O resumo da série é o seguinte: Depois de ser abandonada por seu namorado, Koyori foi à casa de sua amiga de longa data Hijiri para beber sua tristeza... e acabou passando a noite com ele! Não só isso, ele diz a ela que a ama – e ela não tem certeza de como conciliar o novo desenvolvimento com alguém que ela conhece desde que eram crianças. Afinal, as apostas são altas – se as coisas não derem certo, ela machucará um de seus amigos mais próximos. E para piorar a situação, o ex dela quer consertar as coisas...? Koyori precisa descobrir o que ela quer, antes que ela perca tudo.  Eu leio a série e já deveria ter feito uma resenha.  Vale muito a pena.

E temos Sayonara Football (さよならフットボール), de Naoshi Arakawa.   Publicada entre 2009 e 2010 na revista E-no, o mangá tem continuação e filme, segundo o Lacradores Desintoxicados.  É sobre futebol feminino e é um shounen do mesmo autor de Shigatsu wa Kimi no Uso (四月は君の嘘).  Enfim, o resumo é o seguinte: Onda Nozomi está em seu segundo ano no time de futebol do ensino médio, mas ainda não jogou um único jogo porque é uma menina. Crescendo jogando futebol, ela tem as habilidades técnicas, resistência e elegância. No entanto, como uma menina, ela não consegue superar a diferença física e pode ver todos os seus companheiros de equipe masculinos com quem ela cresceu jogando futebol cada vez mais longe dela. Até mesmo seu irmão mais novo, Junpei, que também está no time, está começando a superá-la. O treinador Samejima vê que Nozomi é uma jogadora incrível, mas como o futebol é um esporte tão físico, ele não pode deixá-la jogar. Nozomi não é o tipo de garota que simplesmente desiste, então ela pratica mais do que qualquer um e dirige o time na esperança de um dia jogar um jogo.  Não gostei do resumo, basicamente, reforça a ideia de que uma mulher sempre será fisicamente inferior a qualquer homem.  Quem acompanha futebol sabe que há diferenças grandes entre atletas masculinos, assim como entre as mulheres esportistas, mas não conheço o mangá, não sei como a história se desenrola.

Enfim, é muita coisa, e tem as previsões de lançamentos, também.  Eu peguei os resumos (*que eu adaptei para colocar aqui*) e outras informações no Bakaupdates, mas a lista dos mangás veio do Lacradores Desintoxicados.  Aliás, se quiserem mais informações sobre a live, visite este site, pois ele faz uma cobertura excelente.


1 pessoas comentaram:

E lá se vai meu dinheiro T-T. POOOO Eu comprei ibarahime em ingles pq nunca achei que sairia aqui... Newpop arrasou

Related Posts with Thumbnails