terça-feira, 17 de abril de 2012

Ohzora lança o último livro da Saga De Burgh em formato mangá



Quer dizer, o último enquanto a autora, Deborah Simmons, não lança o livro final, que seria sobre o irmão caçula da família, o Nicholas. Mas, enfim, Reynold de Burgh: The Dark Knight foi lançado em dois volumes (*1-2*) no Japão com o nome de Ryuu no Hihou wo Daku Otome (竜の秘宝を抱く乙女). A desenhista é Nanao Hidaka mais uma vez. Eu realmente lamento que uma desenhista tão limitada seja responsável pela Saga De Burgh, já que eu gosto muito dos livros. De qualquer forma, estou na dúvida se compro, ou não compro, The Dark Knight. Acho o livro bem fraquinho, e coloca-lo em dois volumes, quando um Razão & Sensibilidade teve um só, é muito injusto. Só que eu tenho todos os anteriores... Aliás, eu estava pensando em fazer posts novos sobre os livros dos Irmãos De Burgh, pois reli os cinco quatro primeiros livros mais a história do pai dos rapazes e eu sei que os posts que fiz eram muito limitados. Mas os últimos dois livros, A Noviça De Burgh (My Lady De Burgh) e O Cavaleiro Negro são pouco empolgantes.

O sobrenatural foi muito bem trabalhado no livro 4 – Um Lorde para Amar (My Lord De Burgh) – mas a autora cismou de enfiar as tias bruxas da Brigid nos livros seguintes. Esse último, o do Reynold, é particularmente complicado, porque a própria autora esqueceu como o rapaz ficou manco. No início, lá no primeiro livro, se bem me lembro, foi dito que ele fora ferido em batalha ainda muito jovem, mais tarde, virou um problema resultante de um problema no parto... De qualquer forma, a história é fraca. Espero que o último livro consiga voltar ao bom nível dos primeiros. Enfim, peço na Fonomag, ou não? Estou na dúvida ainda...

GOSTOU?

1 pessoas comentaram:

Olá! Eu queria saber como vc fez para comprar os mangás deles! Eu amo esse clã e também queria os mangás. E se eles são em português, afinal eu não vou entender nada se não for ;P Muito obrigada espero a resposta no meu email. Iris.mayara243@gmail.com

Related Posts with Thumbnails