domingo, 15 de julho de 2018

Comentando o volume #9 de Gekkan Shoujo Nozaki-kun, que Marca os Cinco Anos da Série



 O mangá Gekkan Shoujo Nozaki-kun   (月刊少女野崎くん) completou cinco anos em 2017 e o volume #9, o último a sair em inglês, é o comemorativo dessa data especial. Ele veio com uma história extra, fruto dos resultados de uma pesquisa sobre com qual irmão ou irmã das personagens da série as pessoas queriam uma história especial. Resenhar Nozaki-kun não é fácil, não para mim, porque se trata de um gag mangá, um 4koma em que cada página é uma piada, com muitos capítulos por volume, o #9 tem dez, fora que não há muita conexão entre eles. Nesse volume  por exemplo, só há ligação direta entre dois capítulos, que estão localizados um no início do volume, outro, no fim.

Para quem não sabe do que se trata Gekkan Shoujo Nozaki-kun, trata-se de uma sátira ao universo do shoujo mangá. A autora, Izumi Tsubaki, publica a série em uma revista on line e ela virou anime em 2014. Eu queria uma segunda temporada, porque é tanta história legal para adaptar!  Seu mangá principal, Oresama Teacher (俺様ティーチャー), vai muito bem na revista Hana to Yume e já passou do volume #25.    Apesar do título do mangá, a protagonista de Gekkan Shoujo Nozaki-kun  é uma garota chamada Chiyo Sakura, que é apaixonada por um colega de escola chamado Nozaki.  



Um dia, quando vai se declarar, ele confunde as coisas e acredita que ela deseja um autógrafo.  Daí, assina seu nome de trabalho, “Yumeno Sakiko”.  Ele é, na verdade, uma "autora" de shoujo mangá!  Ela passa a ser sua assistente e acaba descobrindo que vários colegas de escola também ajudam Nozaki, que não entende nada da vida,ou do amor, e faz um mangá absolutamente raso e estereotipado que, curiosamente, faz muito sucesso.  Vou comentar em linhas gerais o que há nesse volume, seguindo os capítulos, que são chamados de "edição".  Se você quiser uma visão dos volumes #1 e #2, quem são as personagens e tudo mais, dê uma olhada na  resenha desses volumes.

Capítulo 80: Nozaki quer fazer uma história sobre um encontro em uma confeitaria, mas não tem as referências necessárias.  Ele pede ajuda de Chiyo, que se empolga e quer fazer o papel da namorada, e de Mikoshiba, o amigo especializado em desenhar flores e decorações de fundo.  No fim das contas, o que Nozaki coloca no mangá não é bem o que Chiyo desejava ler. Capítulo 81: Mikoshiba, Wakamatsu e o irmão caçula de Nozaki, Mayu, estão dormindo na casa do protagonista. Wakamatsu descobre os jogos, simuladores de namoro, figures que Mikoshiba guarda na casa do amigo.  O rapaz mente dizendo que são de Mayu,o irmão de Nozaki, que não desmente.  



Todos começam a jogar e Mikoshiba fica chocado com a forma primária como os outros dois lidam com questões  que, para ele, são óbvias e muito importantes.  Só lembrando, Wakamatsu tira lições de vida dos shoujo mangá e ele tinha experiência com Otome Games, mas não com material feito para garotos.  No final das contas, eles terminam usando as figures de Mikoshiba para coisas que o dono sequer imaginava (*ambos são atletas*), o problema é que a vergonha o impede de confessar que ele mentiu e que toda a tralha otaku pertence a ele.

Capítulo 82: As meninas vão ter uma festa do pijama.  Chiyo (*a sem experiência amorosa*), Seo (*a demônia*) e Kashima (*a tomboy*) não sabem como se comportar e a protagonista liga para Nozaki, o especialista. Ele vê nisso uma chance de ter material para seu mangá. Os conselhos de Nozaki são mal compreendidos (*vide imagem abaixo*) e o irmão mais velho de Seo se espanta com o comportamento das meninas.  O rapaz, que está na faculdade, então, tenta ajudá-las, mas o resultado é muito distante do que ele esperava.  Elas terminam jogando games de luta e fazendo coisas que nada tem a ver com o que supostamente as garotas devem fazer.  
Capítulo 83: Nozaki-kun está sem ideias para seu mangá e pede ajuda ao seu editor, Ken-san.  Ele é lembrado de que tem que pensar sempre nas leitoras.  Daí, Nozaki e Chiyo assistem ao treinamento do clube de teatro e se espantam que todas as improvisações terminam em morte. Hori-senpai e Kashima explicam que finais felizes são muito fáceis e sem sal.  No fim das contas, Ken-san acba acreditando que Nozaki está pensando em suicídio, ou passando por algum sério drama, porque ele coloca  coisas realmente estranhas no último capítulo de sua série de mangá e, contra sua vontade, decide ouvir seus problemas pessoais.

Capítulo 84: Seo acaba descobrindo que Wakamatsu é apaixonado por Lorelai, o alter-ego da "demônia"  que é  a melhor cantora do clube de música.  Sempre que a ouve cantar, o rapaz, que sofre de insônia, começa dormir.  Seo está feliz e cantarolante e acaba encontrando o garoto desmaiado pela escola várias vezes até conseguir unir os pontinhos.  



Descoberto o segredo, ela decide pregar peças nele: o faz cair da escada, o coloca no centro de um pentagrama, em um caixão etc.  É um dos poucos casos em que Nozaki está certo, ele não queria que ela descobrisse, porque tinha pena do que ela poderia fazer com o amigo.  O Capítulo 88 se liga a esse aqui. Chiyo quer juntar Wakamatsu e Seo.  Nozaki quer impedi-la de todas as formas possíveis.  No fim das contas, Chiyo acaba desistindo, porque Wakamatsu quer servir de cupido entre ela e Nozaki.

Capítulo 85: A editora-chefe quer montar uma revista feminina adulta (josei) e todo o capítulo gira em torno da discussão das diferenças entre shoujo e josei, dos tipos de editores - sendo Ken-san o tipo mais responsável, ainda que distante e Maeno, o tipo mais detestável - e se Nozaki e sua colega mangá-ka Yukari Miyako estariam aptos a fazer a migração.  Em primeiro lugar, Ken-san, editor de Nozaki, acredita que mangás adultos são pornográficos, ou eróticos.  Algo que muita gente confunde.  Depois, as editoras começam a  divagar sobre o que seria o interesse romântico ideal de uma protagonista de josei.
No fim das contas, a editora-chefe desiste da ideia, porque não tem mangá-kas capacitados e seus editores parecem um tanto perdidos.  Capítulo 86: Nozaki dá uma mãozinha para as meninas do clube de artes, carregando coisas pesadas, em troca de relatos de sua vida amorosa.  Mais piadas com os tipos  de atletas, sendo os jogadores de futebol e rúgbi, os piores, e os de ping-pong, os mais amigáveis. As meninas adoram ter Nozaki por perto e Chiyo, a maioria sabe o que a colega sente por ele, mas a protagonista termina se corroendo de ciúmes e impedindo que ele sirva de modelo vivo para elas.

Capítulo 87: O que mais surpreende em um shoujo mangá?  Mikoshhiba tem uma conversa com Yukari-sensei e é convencido de que é o momento em que a heroína passa por uma grande transformação, ou é percebida pela primeira vez como bonita pelas outras personagens.  Yukari usa Cinderela como exemplo.  Nozaki discorda, mas é ignorado.  Mikoshiba, então, tenta transformar Kashima em uma "garota bonita" para surpreender a todos.  Hori, que ama Kashima mais não consegue lidar bem com o sentimento, surpreende a ação e condena a nova aparência que deram para a moça.  O desdobramento é que ele mesmo decide transformar Kashhima em uma bela mulher e, surpresa, a deixa espetacularmente bonita e irreconhecível para a maioria dos colegas de escola.  



Por fim, há a história extra com o irmão de Chiyo, Touwa, que deseja conhecer Nozakki e saber os motivos da obsessão da irmã pelo rapaz.  Uma série de piadas, mal entendidos e, no final, o garoto acaba gostando de Nozaki, embora não consiga descobrir que ele,na verdade, é "uma mangá-ka" de sucesso.  Além da história extra, há os resultados das pesquisas com os fãs do mangá.  Uma delas resultou da escolha do protagonista da história extra.  

Qual o episódio favorito?  Ganhou o do festival em que Chiyo veste um yukata, se declara, mas Nozaki nada ouve por causa dos fogos de artifício.  Este estava no anime. Mikoshiba precisa encontrar um amor?  Não, o resultado foi "ficar sozinho é  bonito, também".  O mangá deve seguir uma temporalidade?  O resultado foi algo como "não!  Trate a série como se fosse Sazae-san." Para quem não sabe, Szae-san é um dos grandes clássicos do mangá, virou um anime para toda a família e as personagens não envelhecem desde, pelo menos, os anos 1960.  Se houvesse uma personagem coadjuvante que você quer que tenha um nome, qual seria? A colega de faculdade de Yukari que acredita que Nozaki é namorado da jovem mangá-ka.  É isso, basicamente.  Divertidíssimo mangá como sempre, mas resenhar é uma desgraça.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails