domingo, 8 de julho de 2018

Mais uma adaptação de Little Women, dessa vez para o cinema


Little Women, de Louisa May Alcott, um dos meus livros favoritos, está completando 150 anos.  Nada melhor do que uma nova adaptação para o cinema e ela está à caminho, segundo o LA Times.  Fui procurar e encontrei o Huffington Post já dando o elenco, puxam a lista Saoirse Ronan e Timothee Chalamet, como Jo e Laurie.  Meryl Streep será Tia March, poderia ser a mãe das meninas, Emma Stone será Meg e Florence Pugh, Amy.  Nada de Beth ainda... Pobre Beth!  Deveria estar feliz?  Sim, mas não estou tanto assim, porque Greta Gerwig, de Lady Bird, que eu detestei, será a diretora e responsável principal pelo roteiro.

Err... O que a LA Times diz  que esta adaptação terá de diferente?  Ao invés de se dividir entre as duas partes do livro, isto é, mostrando a adolescência das irmãs March - Meg, Jo, Beth e Amy - durante a Guerra Civil Americana, irá focar principalmente na vida das irmãs quando jovens adultas.  Os problemas enfrentados pelas mulheres (brancas, de classe média, nortistas, de família progressista) na segunda metade do século XIX.  Lady Bird com crinolinas? Espero que não...

Como assim há resistência em adaptar Little Women? 
Teve uma série da BBC ano passado!
De qualquer forma, é bem-vinda uma nova adaptação.  Sempre é.  Não entendo, aliás, a onda toda de uma das produtoras,  Robin Swicord, argumentando que tudo pode ser readaptado, menos Little Women, porque a versão de 1994 foi perfeita.  Ela estava envolvida  na pprodução do filme estrelado por Winona Ryder.  Ai... Ai... A BBC acabou de fazer uma adaptação, ela foi exibida em dezembro passado na Inglaterra e este ano nos EUA. Eu resenhei as três partes aqui (*1 - 2 e 3*), no blog.  E cabe a mim fazer uma correção, eu tinha escrito que a versão de 2017 tinha sido a primeira com um olhar feminino, contado com diretora e roteirista.  Estava errada.  Foi a de 1994.  

O fato é que não existe adaptação perfeita de um clássico como Little Women e o livro teve várias.  Umas melhores, outras nm tanto, e o pessoal do LA Times não precisava me lembrar da de 1978, que é ruim.  Eu tinha apagado da minha memória que William Shatner tinha feito o Professor Bhaer nessa minissérie.


De qualquer forma, pode sair um bom filme.  Greta Gerwig não precisa inventar muita coisa e espero que não o faça.  Saoirse Ronan e Timothee Chalamet são ótimos.  Espero que acertem e coloquem um bom Professor Baher.  E é  esperar e assistir, porque eu vou assistir, claro.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails